quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Minha 1ª queda

"Atleta que é atleta tem que ter pelo menos uma queda em sua história de treinos ou de provas. Hoje foi o meu dia".rsrs
.
18 de fevereiro de 2009.
9 anos, 1 mês e 18 dias depois de ter iniciado os meus treinos no atletismo veio a minha primeira queda, um tombo daqueles pra nunca esquecer. Pois foi o primeiro, e como dizem por aí: "A Primeira Vez A Gente Nunca Esquece.
.
Eu havia programado correr com o amigo Magaiver (não o do seriado antigo da Rede Globo, Profissão Perigo, este é outro e não faz as bombas que aquele fazia, rsrsrs).
Havíamos programado em correr juntos, (eu no meu ritmo e ele no dele, logicamente), na Avenida Botelho de Souza, uma avenida onde esta passando por pavimentação, (tá ficando muito linda por sinal, a mais bonita da cidade, em breve estarei pondo aqui fotos de treinos realizados por lá).
.
Eu me programei correr 8 voltas, (cada volta da avenida dá 2.250 metros aproximadamente), totalizando 18km.
O Magaiver, (mais modesto), iria correr somente a métade, ou seja, quatro voltas (9km).
Na minha primeira volta, apertei o botão errado do meu cronometro e não registrei o tempo, (estava reestreando o relógio depois de ficar uns meses sem batéria, daí me enganei de botão na hora de dispará-lo e apertei o botão errado, mas de acordo com as duas voltas seguintes calculei algo em torno de 9min25seg o tempo da primeira). Foi um treino leve, apenas um trote.
.
Na minha terceira volta já me aconteceu algo "normal", posso dizer assim. Um pequeno cachorro veio latindo pro meu lado querendo me morder talvéz, mas não me intimidei, virei-me e corri atrás dele por uns dez metros e retornei pra completar a volta (não tenho medo de cachorro, a não ser que seja um Rottweiler ou outro mais perigoso).
.
Depois quando eu estava quase completando a quarta volta, devido a um caminhão estar passando na outra avenida, a João Medeiros, que cruza e indica o final da Botelho de Souza, me impediu de fazer a curva mais aberta e daí para não ser atropelado, resolvi passar beirando o meio fio da Botelho e fazer o retorno sem perder o ritmo da corrida, mas como eu citei acima, esta avenida está sendo pavimentada, ou melhor, já está toda pavimentada, mas a parte dos canteiros centrais estão em andamento ainda, há muita terra solta nas proximidades do meio fio, e devido a isso, quando chove principalmente nos trechos mais baixos da avenida junta água que juntamente com a terra, fica um lamaçal só. (bom, nem sei se é assim que se escreve, mas, enfim, já escrevi.rsrs)
.
E como choveu ontem a tarde ainda há muita lama no local, mas eu nem imaginei que estava tão liso daquele jeito.
Dei uns dois passos num local mais firme e imaginei que estava tudo daquele jeito.
Triste engano.
Fui dar o terceiro passo e me "esborrar", (no pior termo da palavra), no chão.
Me sujei todo de barro. Ou quase todo.
Mas nem deu tempo de me "deitar" na lama que já estava de pé novamente e correndo como se nada tivesse acontecido.
.
Isso foi por volta das 19h40, tinha umas pessoas fazendo caminhada próximo ao local da minha queda, mas nem dei muita atenção, passei feito um "foguete" do outro lado da avenida rumo ao fechamento da volta.
Nisso, dei uma parada e contei o acontecido pro Magaiver, que nesse momento já estava fazendo seu alongamento, (ele correu apenas duas voltas, 21min35seg foi o tempo dele para os 4,5km), e ele me disse que aconteceu o mesmo com ele, mas devido a ele estar correndo mais devagar, apenas colocou a mão no chão e não chegou a cair totalmente como eu.
.
E quanto a mim, nas fotos abaixo vocês verão como eu fiquei.
.
Depois da queda ainda dei mais duas voltas, (mesmo todo sujo), pois o meu plano seria correr pelo menos oito voltas, mas acabei por parar na sexta volta com o tempo de 55min47seg para 13,5km, (resolvi nem me limpar para depois mostrar a vocês como fiquei), as duas últimas voltas foram as mais rápidas do treino.
Dêem uma olhada em como eu fiquei após chegar em casa depois desta minha primeira queda em mais de 9 anos de treinos e competições.



Olha o detalhe das mãos e a perna.rsrs



Depois disso tudo acontecido. Tomei um belo banho, jantei e retornei ao local do tombo e registrei.

Vejam aí onde foi.

Olha só a marca onde escorreguei. Minha sorte ainda é que caí com métade do corpo em cima do canteiro, senão tinha me sujado ainda mais.



Olha quanto terra tinha por aí. A princípio eu fazia um contorno mais afastado daí, mas devido a um caminhão estar cruzando a avenda, resolvi passar colodadinho no meio fio, e fiquei coladinho mesmo. Mergulhei como se fosse uma piscina..rsrsrsrs.. Mas tudo bem, isso acontece. Só espero que seje a última vez..rsrsrsrs

Acredito que você esteja rindo agora aí, não está? Tudo bem, eu deixo. Mas vai me dizer que nunca aconteceu nada parecido com você antes??? Se quizer deixar um comentário contando casos inussitados de quedas ou outras coisas que aconteceram com vocês ao longo dos seus treinos e provas, fiquem a vontade, ok?

O amigo Jorge sei que já aconteceu com ele. Na ocasião ele contou que tropeçou num quebra-molas na reta final de uma prova e caiu, não foi Jorge.rsrsrs

Valeu.

Obrigado a todos por lerem o meu blog, só pésso desculpas por ter ficado um pouco extenso este post que é o meu 18º já publicado.

.

Nota: Tive apenas pequenos arranhões no braço esquerdo, nada grave.

.

...tuttA...

ubiratã-Pr.

www.correndocorridas.blogspot.com

8 comentários:

Fernando Andrade. disse...

Grande TuttA!
O importante é que não se magoou. Assim vê-se melhor o lado positivo da coisa: primeiro é preciso cair para depois poder levantar-se. Na vida também é assim.
Grande abraço.
FA

Carlos Lopes disse...

isso tutta, o importante é você estar bem... quem não corre não sofre.

Ana disse...

Ola Tutta..
eu tbm já levei um chão federal com plateia e tudo. Isso foi quando nem pensava em fazer da corrida minha atividade física quase que diária (ou melhor, pensava, mas não fazia).
Foi num prova na minha cidade em que participam todas as empresas com seus funcionários e onde eu trabalhava eu era a única mulher que tava a fim de encarar alguma coisa. Como não havia mulheres suficiente p/ se montar um time de voley (esporte que pratiquei na infância/adolescencia) e como tbm não havia o ciclismo (meu esporte de origem, antes das corridas) entre as modalidades, me inscreveram no atletismo: 100m, 400m e lançamento de peso... kkkkkk
Foi uma cómedia! Nos 100m, percorri 1m e me esborrachei na pista (que é de areia) num pouso lateral, como um avião s/ uma das asas. Resultado: me ralei toda (sorte que tenho proteção lateral nos quadris = culote, rs) e passei a maior vergonha com o público que estava no estádio assistindo. Verdadeira video-cassetada.
Apesar do ocorrido, me apaixonei pela corrida e posso dizer que tenho cicatrizes do início da nossa paixão, rs
(nossa, que comentário enorme, rs)
abçs

Stéphanie Perrone disse...

ah, eu levei um tombo bem besta de bike numa competição de triathlon. quando fui descer da bike pra entrar na transição, a sapatilha não desengatou do pedal e eu me esburrachei no chão literalmente. mas a coisa foi tão rápida que só deu tempo de eu bater o joelho no chão e me levantei na hora, hauahuah. o pior é que o piso era calçamento, ai ralei todo joelho, tenho marcas até hoje.

abraço,
Stéphanie
http://tephyperrone.blogspot.com

Paulinho Stone disse...

Bahh Tutta, que tombão, mas o importante é não se abalar, até por que na semana passada, saí para fazer um longo, e quando estava voltando, faltando menos de 2km para acabar, "chutei uma pedra" e me esborrachei no chão, e o pior é que tinham uma 10 pessoas naquela esquina, mas não me abalei, e me ergui em 0,0002seg, e ainda GRITEI:
- APRENDAM COMO SE CAI BONITO SEUS BABACAS!!!
hehehehhe!

Grande Abraço!
Paulinho Stone
http://paulinhostone.blogspot.com/

Marcelo Diniz disse...

Tutta...legal vc falar disso assim,publicamente, em um post....torna as coisas mais leves e, porque nao dizer, engraçadas...já que voce, graças a deus NAO se machucou!

levanta, sacode a LAMA e da a volta por cima, né?

abs e um otimo carnaval, amigão!!!

Duarte Gregório disse...

quedas ja dei de mota e de bike. na corrida ainda nao...mas.....
as melhoras

Anônimo disse...

é muitas vezes aconteceu comigo quedas na escola na frente de todo mundo(eu levei mais de 18 quedas).
bom a de hoje foi quando eu fui apostar corrida de quem era o mais rápido bom eu me igualei(eram só 2 competidores,eu e uma amiga)só que a gente nao consiguiu passar um na frente do outro,como sou teimoso tentei dar um pulo para ultrapassar ela.Mas durante este pulo eu passei da linha de chegada,nao sei como mas meu corpo se virou para trás,Fazendo eu dar uma rasteira.Eu me esborrachei todo.

Nota:fui mais rápido que ela apesar de ter me prendido na rede.