quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Corrida Nº 238 - 98ª Corrida Internacional de São Silvestre - São Paulo-SP (31dez2023)

 Segue os dados gerais da prova:


Corrida número: 238
Nome da prova: 98ª Corrida Internacional de São Silvestre
Cidade: São Paulo-SP
Data: Domingo, 31 de dezembro de 2023
Distância: 15kms
Tempo: 57min58seg
Media por quilômetro: 3min51seg
Colocação no pelotão geral: 137º lugar
Atletas no pelotão geral: 20.315 atletas
Colocação geral somando a elite: 212º lugar
Atletas no geral somando a elite: 20.390 atletas
Número de pódios (fora de Ubiratã): 128 pódios
Pódios por classificação geral: 55 pódios
Pódios na categoria por faixa etária: 68 pódios
Pódios em equipes e/ou duplas: 5 pódios

Número de peito: 3107

sábado, 27 de janeiro de 2024

Corrida Nº 237 - 1ª Corrida Rústica Caminhos de Peabiru - Juranda-PR (17dez2023)

 Depois da alguns anos, a cidade de Juranda volta a realizar uma corrida de rua e teve boa premiação em dinheiro desta vez. Porém, com largada às 09:20h da manhã e com a temperatura beirando os 40 graus.

"Seja você mesmo a sua maior motivação. Pois, só você é capaz de fazer a sua história."



Segue os dados gerais da prova:

Corrida número: 237
Nome da prova: 1ª Corrida Rústica Caminhos de Peabiru
Cidade: Juranda-PR
Data: Domingo, 17 de dezembro de 2023
Distância: 10kms
Tempo: 37min32seg
Media por quilômetro: 3min45seg
Colocação geral: 4º lugar
Atletas no geral: 23 atletas
Número de pódios (fora de Ubiratã): 128 pódios
Pódios por classificação geral: 55 pódios
Pódios na categoria por faixa etária: 68 pódios
Pódios em equipes e/ou duplas: 5 pódios
Número de peito: 215


No dia 17 de dezembro de 2023 foi realizada em Juranda-PR a 1ª Corrida Rústica Caminhos de Peabiru.
Apesar do nome ser "primeira", Juranda já realizou outras corridas no passado, porém, com outros nomes. Já participei de duas provas em Juranda. Uma em 2006 e outra em 2011.
E a deste ano de 2023 a prova chamou muito a atenção por sua boa premiação em dinheiro que iria até o 10º lugar. No entanto, a prova não teve muitos participantes, pois não haveria premiação com troféus para as categorias por faixa etária e isso desmotiva muita gente a participar. Eu mesmo sou um. rsrs
Com inscrição custando apenas 50 reais e mais um quilo de alimento a prova reuniu apenas 102 atletas que foram subdivididos nas provas de 5 e 10kms.

Parte dos feras presentes em Juranda.
Jilmar de Nova Aurora, Fernando de Ubiratã (41'16), Marcos de Toledo (17'29), Aparecido "Cidinho" de Nova Aurora (17'44), Edivando de Maringá (20'26), Luciano de Toledo (18'08), Tutta de Ubiratã (37'32), Matheuzinho de Toledo (37'48), Reinaldo de Toledo (36'34), Anderson de Umuarama (39'02), Ademir de Cascavel (35'25) e Valmir "Tite" de Corbélia (abandonou nos 10kms).


Eu, como moro muito perto da cidade, apenas 24 quilômetros, resolvi ir de bicicleta e com isso já cheguei aquecido para a corrida. rsrs
Ainda foram fazendo companhia comigo o Magaiwer e o Nino, mas ambos não correram.

Saímos de Ubiratã às 06:40h e com cerca de uma hora e vinte minutos já estávamos em Juranda.
Deu tempo mais que suficiente para retirar o kit com numeral e camiseta, tomar um café na padaria e conversar um monte com vários amigos que vieram de longe para correr aqui, quase no "quintal" de casa. rsrs

Como o local da largada da prova era quase em frente a igreja, devido à missa das 08:00hs, a corrida só pôde ser realizada após o seu término e largamos às 09:20h com um calor de quase 40 graus. Foi muito difícil impor um ritmo forte devido ao calor. Até tentei, mas foi complicado. rsrs

Largamos na Avenida Paraná e a menos de 10 metros do pórtico já teve um curva de 180 graus e viramos a esquerda em sentido oposto ao da largada e seguimos sentido à Vila Rural Alto Alegre e ao final da avenida viramos à direita e praticamente contornamos toda a cidade de Juranda.
Os dois primeiros quilômetros foram os mais rápidos. Eram mais planos e com pequenos trechos de descidas.
No km 1 passei com 3min18seg e no km 2 com 3min19seg. E apesar do ritmo forte, eu não estava entre os primeiros colocados. Se bem que, como a largada das duas provas (5 e 10k) foram feita simultâneas, não dava para saber ao certo qual era a minha real colocação nos 10k.

Pra fechar o quilômetro 3 pegamos a subida da Avenida Paraná, vindo da entrada do lago até em frente ao pórtico de largada e viramos a esquerda na Avenida Brasil e continuávamos subindo agora sentido à BR 369. No entanto, esta era uma subida menos intensa do que a da Avenida Paraná. Mas, já vínhamos 'quebrados' da subida anterior e fechei o km 3 com 4min01seg. E após viramos novamente a direita, próximo a uma cooperativa, corremos por ruas mais residenciais como já havia sido feito pouco após a saída da Avenida Paraná lá no início da prova.
Pegamos trechos com paralelepípedo até adentrar novamente na Avenida Paraná e completar os 5k da primeira volta.


Completei esta primeira metade com 18min VER TEMPO  e segui para a parte final.
Como a gente seguia para fechar a primeira volta e depois teríamos que retornar para fazer a segunda volta, pude contar seis atletas em minha frente.

Então eu era o sexto colocado geral nos 10kms naquele momento e pouco mais de 500 metros depois de completar os 5kms conquistei o 5º lugar e fui me aproximando cada vez mais do quarto colocado.

Ao chegar novamente na subida vindo do lago, achei que precisaria caminhar.
Vinha fazendo um esforço imenso e parece que não saía do lugar. Até fui incentivado por alguns amigos ao passar novamente em frente ao pórtico, mas falei que não dava. E não dava mesmo. O calor tava demais e o esforço parecia que estava sendo em vão.

Fechei o km da subida (km 8) com 4min29seg. E estava bem perto do quarto colocado que também estava exausto. Achei que não conseguiria ultrapassar ele. Inclusive, achei que nem daria conta de me manter em quinto lugar, pois o sexto colocado parece que vinha bem melhor que eu há poucos metros atrás.

Procurei mudar a respiração e após virarmos à direita próximo a cooperativa, parece que o ânimo e as forças voltaram. E não só ganhei a quarta colocação, como comecei a abrir vantagem. Só não dava para buscar o terceiro lugar, pois os três primeiros colocados 'evaporaram', literalmente. kkkkkk
No final ainda fui incentivado pelo Jilmar de Nova Aurora que foi prestigiar a prova e segui firme para fechar os 10 quilômetros com altos 37min32seg em 4º lugar geral.
Achei o tempo bem alto. Mas, tá bom. Foi o que deu pra fazer. kkkkk
E ainda faturei 300 'pila' na premiação. rsrs

Devido ao calor intenso, pelo menos três atletas passaram mal no final da prova. Um deles, nos 10kms, que chegou depois de mim vinha cambaleando nos últimos 100 metros e uma pessoa vinha ao lado dele tenteando equilibrá-lo e ao cruzar a linha de chegada ele caiu desmaiado.
Conversei com ele após se recuperar e ele me disse que foi a sensação mais ruim da vida dele.
Motivo que serve de alerta para a cidade de Juranda mudar o horário da prova, caso venha realizar novamente a corrida nos anos seguintes.

Pra finalizar, aguardei a premiação e 
após o pódio, peguei minha bike e segui novamente pedalando para Ubiratã.
E assim se foi mais uma corrida de rua na vida deste atleta amador que vos escreve.


Segue abaixo mais algumas fotos:

Meu numeral.
.
.

Com o melhor corredor de Nova Aurora, Jilmar Mazena que não correu, mas está voltando aos treinos de depois de uma lesão que o tirou das competições por mais de 2 anos.
.
.

Antes da largada com patrocínio de Postos BCA.
.
.

Com o melhor corrodor que Juranda já teve, Luiz "Boiadeiro" que precisou parar de correr devido a um acidente com caminhão.
.
.

Com os ubiratanenses Magaiwer (que não correu) e Fernando que fez 41'16 nos 10 e obteve o 14º lugar.
.
.

Com a amiga Joniana de Goioerê.
Curiosamente quase toda vez que a gente se encontra em uma prova eu vou de bicicleta para a corrida. rsrs
Ele fez os 5kms com 30'06 e foi a 15ª colocada.
.
.

Já no pódio esperando a premiação.
.
.

Pódio geral dos 10k masculino.
.
.

Satisfação imensa estar com essa galera no pódio.
.
.

Os 5 primeiros colocados dos 10k masculino.
.
.

"Os obstáculos não podem te parar.
Se você topar uma parede em sua frente, não vire as costas e desista.
Descubra como escalá-la."
.
.

"Conquistas é algo que se constrói a cada treino e a cada vez que sonho com elas."
.
.

A camiseta, o troféu, a medalha de Honra ao Mérito e o 'cheque' simbólico de 300 reais.
.
.

As 15 primeiras colocadas nos 5k feminino.
.
.

Os 15 primeiros colocados nos 5k masculino.
.
.

As 15 primeiras colocadas nos 10k feminino.
.
.

Os 15 primeiros colocados nos 10k masculino.
.
.

Pra quem quer assistir o vídeo da prova é só acessar o canal Tutta Maratonista.
E o vídeo do pedal no canal Ubi Bikers.
.
.

O folder de divulgação da prova.





Agradecimentos:
Primeiramente sempre a Deus pelo dom da saúde e por me permitir correr tão bem tantas corridas.
Agradecimento especial ao Posto BCA do amigo José Bocalon pelo patrocínio da inscrição.




Despesas:

Inscrição: R$ 50,00
Alimento para inscrição: R$ 6,00
Café da manhã em Juranda: R$ 17,00

Total: R$ 73,00

Patrocínio: R$ 50,00

segunda-feira, 22 de janeiro de 2024

Corrida Nº 236 - Maratona de Sorocaba Internacional (Sorocaba-SP) 26nov2023

Dia 26 de novembro de 2023, foi o dia que ficará marcado na minha história de atleta amador, pois neste dia concluí o desafio de fazer 3 maratonas em 21 dias.
É claro que não é um feito extraordinário, mas para mim que nunca fiz isso, foi algo fantástico.

"Não vou dizer que é fácil e que nunca me deu vontade de desistir.
Mas, vale muito mais a pena continuar."


Segue os dados gerais da prova:

Corrida número: 236
Nome da prova: Maratona de Sorocaba Internacional
Cidade: Sorocaba-SP
Data: Domingo, 26 de novembro de 2023
Distância: 42,2kms
Tempo: 2h45min44seg
Media por quilômetro: 3min55seg
Colocação geral: 17º lugar
Atletas no geral: 502 concluintes
Número de pódios (fora de Ubiratã): 126 pódios
Pódios por classificação geral: 54 pódios
Pódios na categoria por faixa etária: 67 pódios
Pódios em equipes e/ou duplas: 5 pódios

Número de peito: 673


Após voltar do mercado, relatado na última postagem, fui dormir.
Demorei um pouco para pegar no sono. Acredito que foi devido a Coca-Cola que tomei lá na pizzaria com o amigo Douglas de São Bernardo do Campo.
Acho que peguei no sono perto das 23 horas e às 03:30h já estava acordando para mais uma prova.
Quase não comi nada e seguimos às 04:10h para o Parque das Águas, local de largada e chegada da maratona.
Chegamos bem cedo lá. A temperatura estava agradável. Por volta dos 18 graus.

Faltando cerca de meia hora para a largada, deixei meus pertences no guarda-volumes e logo em seguida foi fazer um brevíssimo aquecimento e já fiz a abertura do vídeo que pode ser conferido lá no canal Tutta Maratonista.

Ao voltar, desejei boa prova para o Douglas e segui para mais perto da faixa de largada que se deu às 05:07h da manhã.
Procurei sair mais cauteloso, mas saí forte.
Passei o primeiro km com 4min04seg e segui boa parte dos quilômetros seguintes, nestes ritmo e muitas vezes até abaixo disso.

Nos 5km o meu Strava marcava 19 minutos cravados.
No km 9 fizemos um retorno e pude contar 16 atletas na minha frente e pouco depois cheguei nos 10km com 37min54seg.
Aparentemente, os primeiros 9kms eram em leve descida e parecia que iríamos subir tudo aquilo depois. Mas, parece que foi ao contrário. Ao voltarmos, parecia que estávamos descendo novamente. E isso que fomos de um lado do rio e voltamos do outro.

Nos 15kms o tempo era de 57min e passei pelo local do pórtico de largada/chegada com 1h19. Achei que ali seria a metade da prova. Mas, somente no final da corrida é que descobriram um erro por volta do km 1. O retorno era pra ter sido alguns metros acima do local que viramos. E por conta disso, a prova só deu um erro grande na distância.

Como a prova era composta por uma volta de 21k e outras duas voltas de 10,5k, passamos por ali (local do erro) 3 vezes, e com isso ficou faltando cerca de 1km para dar os 42 quilômetros mais os 195 metros regulamentares de uma maratona. E isso tudo ainda com a prova tendo a aferição da CBAt. Mas, ao fazerem o balizamento na madrugada que antecedia a prova, não fizeram a devida conferição e isso causou um 'bafafá' danado no Brasil inteiro.

Porém, mesmo com este erro da organização, eu consegui correr a distância corretamente. Mas, ainda assim fiz um trajeto errado e no decorrer do texto vocês entenderam. kkkkkk

Feito então a primeira metade da maratona, seguimos para a segunda volta e na metade desta volta já teve um retorno e após f
eito este retorno, "trobamos" com o pessoal da meia maratona e aí tumultuou tudo. Havia muitos corredores na meia e a rua acabou ficando estreita demais para tantos corredores. Mas, não tinha outro jeito a não ser desviar até que chegou no ponto onde eu "errei" mas que, por conta disso acabei correndo a distância correta.

Após sair do lado do Rio Sorocaba, pegamos um pequeno trecho de estrada de terra. Acho que dava uns 100 metros apenas. Quando entramos no asfalto novamente, o caminho indicado pelos staffs era o da direita. Mas, não percebi isso. Me disseram que havia uma placa enorme também, indicando o caminho à direita para os maratonistas. Mas, também não vi. E com isso, eu segui o caminho feito na primeira volta. Que naquele momento estava sendo usado pelos meio-maratonistas. Mas, nem me toquei e continuei achando que estaria certo. Em seguida, passei novamente em frente ao pórtico de largada/chegada e segui para a terceira volta. Nisso, quase encostei no Celio Roberto que está em busca da sua 100ª maratona. E segui atrás dele por alguns quilômetros.

Cheguei na marca dos 30k com 1h55min08seg. E segui fazendo a mesma rota da última volta.
Após o km 35 comecei a reduzi um pouco o ritmo e isso o Celio abriu uns 150 a 200 metros de vantagem, e apesar da grande quantidade de meios-maratonistas eu ainda o via.
Nisso aparelhou comigo um atleta, Cláudio, que estava na sua estreia em maratonas. Corremos alguns quilômetros juntos. Por volta do km 39 falei pra ele que se ele quisesse seguir, poderia seguir, pois eu já estava bem cansado devido às outras duas maratonas. Mas, ele preferiu ficar do meu lado dizendo que aquele ritmo estava bom pra ele.
E seguimos.

Ao chegar novamente na tal estradinha de terra, devido a um carro que atrapalhava a corrida naquele momento, novamente nem percebi placa alguma indicando por onde eu deveria seguir. Só ouvir uma staff me perguntando se eu já havia passado por ali. Falei que já era a terceira vez. Mas, ela não me falou mais nada e segui pelo mesmo caminho feito na primeira e segunda volta. Ou seja, virei a esquerda após a estradinha de terra. Mas, deveria ter virado a direita. Pouco depois percebi que tinha alguma coisa errada, pois não vi mais o Célio, e olhei para traz e também não vi mais o Cláudio. Achei que eu havia errado. E errei. rsrs

Mais à frente, antes de um pequeno top, talvez os 100 metros mais elevados do percurso, percebi vários corredores com os numerais azuis, saindo de uma outra rua. Foi ali que percebi que era eu que estava errado e por conta disso, até comentei no vídeo que eu poderia correr bem mais dos 42kms.

Mas, quando fui chegar para completar a prova, não era bem isso que apontava o Strava e nem o Relive. Fiquei sem entender até conversar com o Célio algumas horas após a prova que o erro foi aquele citado por volta do km 1. E que a segunda e terceira volta da maratona era feito a direita após a estradinha de terra e eu segui, errado as duas vezes, mas fui o único que correu a distância exata da maratona.

Mesmo após completado a prova, não sabia ainda o que tinha acontecido. Não vi ninguém reclamando e os meus dois aplicativos que usei na prova estava marcando 42,3k e portanto achei que estava tudo certo.
Fiquei sabendo apenas do erro por volta das 18 horas que foi quando um amigo meu aqui da minha cidade comentou no nosso grupo de corrida que tinham "economizado" no percurso. Até então fiquei sem entender nada, pois eu tinha corrido a distância exata. Somente depois é que conversei com o Célio e ele me contou todos os detalhes e aí sim, eu fiquei sabendo do que havia acontecido.

Mas, mesmo assim, apesar do erro do balizamento por parte da organização e por conta do erro que cometi duas vezes após aquela tal estradinha de terra, eu fiz os 42 quilômetros regulamentares da maratona e mesmo tendo feito a distância exata, acabei sendo prejudicado por estar certo. Porque, se eu fizesse o caminho errado, que até então era o certo, eu teria conquistado pódio, pois estava perto do Célio que foi o segundo colocado da minha categoria. E eu, então, seria o terceiro.

São coisas que não dá para entender. rsrs
Fui prejudicado por correr a distância certa.
Mas, corri no percurso errado. Que coisa doida. kkkkkk
Faz parte.
E até fiz um vídeo falando e explicando como eu corri os 42kms, pois como eu estava super feliz e comemorando o desempenho obtido nas redes sociais, parece que tinha pessoas com inveja e achando que eu não deveria comemorar um feito sem ter dado a distância regulamentar. O vídeo pode ser conferido AQUI.

Fiquei triste, pois fiz uma prova perfeita e saí sem pódio.
Por outro lado, fiquei feliz por ter feito esta prova perfeita e fechado com chave de ouro o meu Desafio Pessoal de correr 3 maratonas em 3 semanas e todas as três abaixo de 3 horas.
Achei algo incrível e não imaginava que eu teria esta capacidade de superação.

Pra fechar, cruzei a linha de chegada com o tempo de 2h45min44seg.
Obtive o 17° lugar na classificação geral e fui o 7° colocado na categoria estendida de 40 a 49 anos.

Após a prova, fiz um tratamento na piscina de gelo e fiquei aguardando a chegada do Douglas e depois, como ainda não sabia de nada, fiquei aguardando os resultados para saber se havia dado pódio, como não deu, seguimos para o hotel e de lá para a rodoviária.

O Douglas embarcou para São Paulo às 13:30h e eu ainda fiquei um tempo ali na rodoviária e na hora que comecei a sentir fome fui procurar um restaurante para almoçar.
Como não achei nada aberto próximo a rodoviária, pesquisei por algum shopping e achei um a 1.800 metros dali. Segui a pé até lá e aí sim, matei quem estava me matando. rsrs
Almocei super bem e em seguida voltei para a rodoviária e aguardei até a hora do meu embarque que foi somente às 21:35h e depois de várias horas de viagem (cerca de 14 horas) enfim cheguei em casa e nem fui trabalhar. Dormi a tarde toda. kkkkkkk

E assim foi a minha 36ª maratona na carreira.


Segue abaixo alguns fotos:

No local da retirada dos kits.
.
.

Com o amigo Douglas de São Bernardo do Campo.
.
.

O kit da maratona.
Não optei por camiseta desta vez por ganharia uma de manga longa após completar o desafio dos 5k + 42k. Porém, acabei comprando uma para minha esposa após a corrida.
.
.

A camiseta do desafio 5k + 42k e a camiseta da prova.
.
.

Abrindo a segunda volta.
.
.

Já avistando o pórtico de chegada e feliz da vida por estar completando com sucesso este super Desafio Pessoal.
.
.

Completando a minha 36ª maratona e fechando o Desafio Pessoal de correr 3 maratonas em 3 semanas.
.
.

Rumo a 50ª.
.
.

Com o Chapolin Colorado e a Chiquinha.
.
.

Com o "Nada Mal Dalton" e o Tio Maico do Canal Corredores.
.
.

Me 'hidratando' com um chopinho pós-prova.
.
.

Medalha da prova.
.
.

Os 20 primeiros colocados no geral masculino da maratona.
Lembrando: a prova deu apenas 41,1km. Só eu que corri os 42k exatos.
.
.

As 15 primeiras colocadas nos 42k feminino.
Até a data desta postagem os resultados poderiam serem conferidos no site da PROEESP.
.
.


Agradecimentos:
Primeiramente a Deus pelo dom da saúde e por me permitir correr em alto nível, mesmo fazendo uma maratona em cima da outra.
Agradeço também a minha esposa pelo apoio e por sempre torcer por mim, meus amigos e aos colaboradores do meu canal de loterias no YouTube que me ajudam financeiramente. Porque, se depender de apoio de prefeitura e secretaria de esportes de Ubiratã, eu tô ferrado. kkkk



Despesas:

Inscrição 5k + 42k: R$ 253,47
Passagens ida e volta: R$ 340,26
Hotel: R$ 144,50
Alimentação + gastos extras (aproximadamente): R$ 250,00
Uber: R$ 70,00

Total: 1.058,23