quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Vanderlei Cordeiro de Lima

Olá a todos, meu nome é Claudemir, mas podem me chamar de Tutta. Sou um simples atleta amador da cidadezinha de Ubiratã no querido Estado do Paraná. Esta é o meu primeiro post, e já de cara quero homenagear um "Gigante" do atletismo nacional e mundial. Estou falando de: VANDERLEI CORDEIRO DE LIMA. Natural de Cruzeiro do Oeste - Paraná, ele que sempre nos prestigiou com grandes conquistas. Umas delas na minha opinião foi a tão sofrida, mais merecida medalha de Bronze, que concerteza valera mais do que o próprio OURO, nos Jogos Olimpícos de Atenas 2004. Tenho uma matéria sobre este fantástico atleta, que foi tirada do site dele e do site da São Silvestre 2008, palco onde Vanderlei decidiu encerrar sua carreira como profissional. Espero que vocês gostem:



>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>








Medalhista de bronze nas Olimpíadas de Atenas, o paranaense de Cruzeiro do Oeste, Vanderlei Cordeiro de Lima foi o único atleta brasileiro a subir ao pódio da 84ª edição da Corrida Internacional de São Silvestre 2008 em São Paulo. Ele não ficou entre os cinco primeiros colocados da prova masculina, pois suas pretensões seriam correr num ritmo de 3:30/km, que resultaria num tempo final de 52min30seg. Ainda recuperando a forma após um ano marcado por lesões e de volta aos treinos há poucos dias, Vanderlei - que perdeu a chance de ir a Pequim nas Olimpíadas 2008 por conta de uma pubalgia, ficou mesmo muito longe do pódio da São Silvestre. Ele acabou completando o percurso de 15km em: 52min11seg em 109º lugar, e recebeu uma homenagem da organização por encerrar a carreira neste último dia de 2008. “É um momento histórico para mim e para esse esporte”, disse Vanderlei, bastante suado e cansado, segundos após cruzar a linha de chegada.





Chamado ao pódio, o atleta de 39 anos ficou à frente dos medalhistas e dirigiu-se para saudar o público com seu troféu.





Todos os corredores que estavam diante do prédio da Fundação Cásper Líbero, então, aglomeraram-se para aplaudi-lo. “Nem nas Olimpíadas fui tão aplaudido e admirado. Tive vontade de chorar várias vezes durante a prova, recebendo o carinho do povo, mas me contive”, comentou Vanderlei, lembrando do bronze conquistado nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004. Na ocasião, ele foi atrapalhado pelo padre irlandês Cornelius Horan quando liderava a corrida, o que lhe rendeu a medalha Pierre de Coubertin.


Vanderlei agarrado pelo irlandês e a Medalha Pierre de Coubertin.




De suas recordações, no entanto, ele coloca acima do bronze olímpico a última participação na São Silvestre como profissional. Vanderlei disputou a prova 12 vezes, e seu melhor resultado foi um terceiro lugar em 1996. “A prova de hoje já foi a minha vitória na São Silvestre. Esse dia vai ficar marcado na memória dos brasileiros. Quero que todos recordem de mim com alegria, sabendo que fui um homem que buscou ser alguém através do esporte”.

Poucos segundos após completar a São Silvestre 2008.

Vanderlei explicou que a tradição da São Silvestre pesou em sua decisão. “Escolhi essa prova para parar por essa ser a prova mais importante do calendário do atletismo brasileiro e também por ser a última do ano. Como estou encerrando a carreira, nada melhor do que ser no último dia do ano. É uma maneira de fechar 2008 pensando nos próximos objetivos.”, explicou.



Os objetivos de Vanderlei a partir de agora serão:


Ajudar na melhoria das condições para os futuros atletas. Assume também o cargo de padrinho da equipe BM&F Pão de Açúcar e planeja ser dirigente. “Não dá para ficar fora do meio depois de viver mais de 23 anos para este esporte”, justifica o veterano. “Vou interagir diretamente nas bases do clube, podendo ser um exemplo não só de atleta, mas de pessoa e dando explicações, opiniões em treinos e em momentos bastante difíceis na carreira de um atleta”, detalhou.


A despeito dos projetos, no entanto, o paranaense reconhece que deixar de ser profissional não era propriamente um desejo. “(Me despedir) é um momento especial, mas não aceito como festa. Até porque eu gostaria de correr mais uns 30 anos na ponta”, admitiu o atleta, que promete não virar um sedentário. Vanderlei Cordeiro de Lima, passará a correr como amador. “Vou disputar umas corridas de vez em quando, mas sem pressão de resultado nem nada”, finaliza.




>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>







Espero poder te encontrar pelas provas Brasil afora Vanderlei.
Como na foto abaixo tirada no dia 12 de outubro de 2007 na 1ª Maratona Internacional das Águas na cidade de Foz do Iguaçu-Pr. Corri a prova de 10km, mas poder tirar esta foto com você pouco após receber o meu troféu de 3º lugar na faixa etária 30/34 anos foi uma grande vitória pra mim.




Boa sorte em sua nova “MARATONA”, que Deus te ilumine como sempre te iluminou quando você era um atleta de ELITE.


Mas na realidade você jamais deixará de ser um atleta de Elite para nós amantes do atletismo, mesmo correndo como amador...



...tuttA...
ubiratã-Pr.



Fontes deste post:



http://www.saosilvestre.com.br/2008/noticia.php?id_nota=935



e


http://www.vanderleidelima.com.br/mostra_noticia.php?noticia_id=800

2 comentários:

Jorge disse...

Meu amigo Tutta, boa tarde, que honra hein eu sendo o 1º Corredor Blogueiro a postar aqui meu amigo, estou orgulhoso em saber que eu servi de inspiração para vc criar um blog, Parabéns amigo agora Corredor e Blogueiro.
Parabéns também por vc estar inaugurando o seu blog aqui com uma linda homenagem ao nosso querido Vanderlei e posso lhe dizer que vc é um felizardo mora no Paraná aonde o Vanderlei mora também é isso ae amigo. Como vc tem uma foto com ele eu também tenho quando eu participei em 2004 na Maratona de Curitiba ele estava lá e pude ver a humildade que ele tem, ele é gente fina. Bom já que criou um blog o próximo passo é vc começar a visitar os outros blogs de corredores e convida-los para eles virem aqui e deixar uma msg do que achou e também adiciona-los aqui e pedirem para te adicionar também.
Olha amigo já que decidiu criar um blog o mesmo é como ter um filho em que a pessoa cuida com carinho eu também quando comecei a blogar eu naõ sabia muito e fui aprendendo com os amigos e com a própria internet no sistema de busca do Google e falar em Google é só vc digitar sobre blog que aparecem milhões de páginas dandos bizus, não esquente não um blog é como vc estivesse construindo uma casa e daqui a pouco vai estar mole,mole blogando e digo mais já que decidiu cria um blog para falar da história do corredor Tutta, não faça que nem certos corredores que criam um blog e daqui a pouco se enchem e não postam mais.
Amigão lhe desejo boa sorte e que o BLGO CORRENDO CORRIDAS tenha vinda longa Parabéns amigo.
Vou visitar alguns amigos blogueiros e falar que vc criou um blog também.

Lhe desejo um bom final de semana.

Boas corridas e um forte abraço,

JORGE CERQUEIRA
www.jmaratona.blogspot.com

...tuttA... disse...

Muito Obrigado pelas palavras Jorge.
E pode ter certeza, este meu Blog vai viver enquanto eu viver também.
E é pra mim uma honra em tê-lo como amigo.
E por você ter sido o primeiro a deixar um comentário aqui.
Abraços e até sempre amigão...


...tuttA...