domingo, 12 de julho de 2009

Prova Número 47 - Post Extra

Ola amigos, tudo bem com vocês?

Estou aqui para contar, ou melhor, para continuar contando a respeito da 3ª Meia Maratona das Cataratas do Iguaçu realizada no último domingo dia 05/07.
Hoje porém, contarei fatos e acontecimentos ocorridos comigo antes e após a prova.
Não contei todos os detalhes no post anterior para não prolongá-lo muito.
Mas este já vou avisando que será bem extenso, e caso não queiram ler todo, tudo bem, eu entenderei. hehe

E pra começar quero pedir imensas desculpas pela demora em atualizar o Correndo Corridas, mas minha vida anda numa correria danada. rsrs
E o tempo que me sobra procuro dar prioridade em ler todas as atualizações de vocês.
Às vezes não deixo comentários, mas isso não significa que não os leio, ok?
Procuro priorizar também os amigos virtuais do orkut e msn, além dos amigos do convívio do dia-a-dia, e ainda tenho que dividir o meu tempo no trabalho onde fico envolvido nele durante umas onze horas aproximadamente e os treinos, cerca de uma a duas horas mais por dia.
O dia de 24 horas se torna pequeno pra tantas coisas, não é verdade?? hehe

Mas, acho que já falei demais e ao mesmo tempo nada falei, não é?? rsrsrs
Então vamos lá.

Eu e meu amigo Magaiver (Luíz Carlos Bondezan) saímos de Ubiratã por volta das 11h40 da manhã. Porém, antes disso teríamos que nos encaminhar até o Restaurante Brasília (coisa que aconteceu uma hora antes do embarque para Foz do Iguaçú) que fica cerca de 6km do perímetro urbano da cidade na rodovia BR 369 do proprietário Gladimir Peroza que nos sedeu o almoço e as passagens de ida.

Para este deslocamento o Osmar Nunes (meu patrão) nos levou em um carro Pampa 96 (aqui fazendo uma pequena propaganda, já que ele ta querendo vender mesmo. rsrs. ahh, o valor é de 15.000 reais. rsrsrs) e que retornou logo em seguinte recusando o convite que fizemos para almoçar conosco. E aqui fica os meus agradecimentos por ele ter cedido do seu tempo para nos levar até lá.

Eu e Magaiver almoçamos e depois embarcamos no ônibus da empresa Expresso Maringá saimos rumo a mais uma competição como eu disse as 11h40 da manhã de sábado (04/07).
Chegamos em Foz por volta das 15hs e de imediato pegamos um táxi e nos encaminhamos até o hotel Mabu para a retirada dos kits.

Kit completo da prova.


Na saída respondemos umas perguntas sobre uma pesquiza da Meia Maratona e nisso um rapaz (Wéberson, foto abaixo) da Assessoria de Imprensa da prova me diz:
- Você é que é o Tutta, o mais “rápido” de Ubiratã?
Eu respondi:
- Acho que sou, porque? e nisso sorri.rsrs
Aí ele disse que tinha me reconhecido do blog e do msn e queria tirar umas fotos minha, além de saber qual a expectativa para a prova e assim fazer um pequeno post no blog da Meia Maratona.


Este é o Wéberson, aqui estamos no jantar de massas.



Confiram sobre o pequeno post no blog da meia maratona clicando Aqui.

Depois eu quis saber dele como é que ele sabia do “homem mais rápido de Ubiratã” e ele me disse que quando eu entrava no msn aparecia.
E é verdade.
Conferindo depois vi mesmo que eu havia escrito isso e que ainda estava lá.
E expliquei pra ele o motivo deste meu “slogan”, já que sou um dos poucos atletas que representam e que correm pelo município (pois praticamente não temos apoio dos governantes municipais) e sou o mais rápido de todos.

O vereador Aparecido de Paula conhecido como Cidão do Lux (já que ele tem um escritório contábil com o nome: Lux) me deu este “título” verbal em uma das sessões extraordinárias (31/06/2009) na Câmara Municipal na hora em que estava agradecendo pela presença das pessoas presentes na sessão daquele dia. Daí ele até complementou falando sobre outras provas em que eu já havia participado, tais como a São Silvestre e maratonas.

Bom, continuando.
Retornemos para o hotel onde iríamos passar a noite (Hotel Gran Via) que fica cerca de uns 500 ou 600 metros do local de largada.
E pelo caminho de volta encontramos um pessoal de Pato Branco-Pr e que já estavam instalados neste mesmo hotel.
Conversamos um pouco para sabermos qual a expectativa deles para a prova.
E o Rudinei disse que pretendia fazer entre1h14 e 1h15.
Disse a ele que então iria tentar acompanhá-lo, já que minhas pretensões seria de concluir a prova entre 1h17 a 1h18, e se eu conseguisse o acompanhar poderia até bater o meu recorde da prova conseguido no ano passado (1h15min23).


Depois da conversa eles seguiram para a retirada dos kits e eu e Magaiver fomos rumo ao hotel.

Na noite no jantar de massas não gostei muito não.
Pois o espaço em relação ao ano passado havia reduzido pela metade e o número de atletas quase que dobrado. Além da comida estar ruim (na minha opinião) e gelada.
As únicas coisas boas da noite foi poder tirar fotos com os quenianos, com a brasileira Marizete Moreira e por ter conhecido o primeiro blogueiro que até então era virtual.


Acima os quenianos Joseph Kibiwott Ngetich, 5º colocado e Anne Cheptanui Bererwe, campeã. E abaixo eu e Marizete, terceira colocada.


.
.
Bruno do blog http://www.correndonachuva.net/.
O cara é super legal.
Tiramos algumas fotos e posto aqui abaixo a que tiramos ao lado do “Quati”, símbolo da Meia Maratona e do Parque Nacional do Iguaçu. O Bruno estava sempre alegre e sorridente, além é claro, de ser muito patriota. Onde ele estava lá estava à bandeira do Rio Grande do Sul.


Eu, o Quati e o Bruno com sua bandeira do RS.



Ao sair do “jantar” (não comi praticamente nada, não gostei mesmo) parei para tirar fotos do carro que iria acompanhar o líder durante o percurso.


Carro elétrico para não destruir a natureza existente no Parque Nacional.



E eis que encontro quatro meninas de Cuiabá-MT, que me perguntaram se seria eu que havia vencido a prova no ano passado, pois elas dizeram que tinham me visto.
Respondo que não havia sido eu não, mas que na ocasião tinha sido o quarto colocado.
Porém, antes disso, queria tirar a foto do carro que estava num espaço reservado, mas eu tava com medo de me aproximar, pois as quatro garotas estavam lá no espaço reservado para o carro e todas uniformizadas.
Daí eu pensei que elas seriam da organização e que estavam tomando conta para ninguém invadir.

Mas perdi o medo e entrei e foi onde elas me fizeram a pergunta que citei acima e pediram pra tirar fotos comigo.
Pow, senti orgulho de mim mesmo naquele momento.
Um simples atleta amador com pinta de elite.
Eram flashs (não sei se é assim que se escreve.rsrs) pra todo lado. Ora uma moça, ora outra tirando foto.
Tirei esta abaixo como recordação. Mas infelizmente não lembro o nome delas.
Me desculpem, acho que a emoção foi tanta que não consegui gravar o nome de vocês. Espero que entrem em contato comigo neste espaço aqui.



As meninas e eu todo faceiro ali no meio.hehe


Voltei pro hotel dizendo para o amigo Magaiver que eu nem precisava correr no dia seguinte, pois o final de semana já estava perfeito pra mim.
E concerteza estava mesmo. Com tantos acontecimentos especiais assim, correr seria lucro.
Mas o final de semana teria que ser perfeito em todos os sentidos.
Pois no dia da prova tudo aconteceu perfeitamente bem.

Porém antes ainda ao sairmos do hotel Mabu (local onde aconteceu o jantar de massas) nos deparamos com uma chuva fina e que logo foi aumentando e durou até por volta das 4 da manhã aproximadamente (digo isso porque quase não dormi durante a noite).
E as 5h30 nos levantamos e o clima tava frio e o tempo avisava que mais chuva viria pela frente.
E não deu outra, pouco antes da largada todos tiveram que correr pra debaixo da cobertura na entrada do hotel Mabu para se esconder dela.

Assim que diminuiu eu o Magaiver levamos nossas coisas para o guarda volumes, fomos ao banheiro (eu em um e ele em outro logicamente, rsrsrs) e descemos caminhando até quase o km 1 da prova e retornamos trotando.
No retorno, próximo ao caminhão do guarda volumes vejo uma moça e ela me olha e diz:
- Tutta???
E eu falo:
- Carla???
E está feito mais uma amizade que até então era virtual.
Era a Carla de Curitiba do blog Just Run.
Outra simpatia de pessoa.
Ela estava acompanhada do seu irmão Tuco.
Conhecer vocês foi estraordinariamente super gratificante pra mim.
Espero encontrá-los mais vezes.

Na hora da largada as quatro meninas da noite anterior vieram e me desejaram boa prova. E foi uma pena que não as encontrei na chegada. Espero que tenha ocorrido tudo bem com todas.

Bom, sobre a prova eu já contei como foi no post anterior.
Vou continuar então nos acontecimentos pós-prova.

Como concluí em 1h15min44seg, peguei o meu kit lanche comi uma maça, depois peguei minhas coisas no guarda volume e fui pra chegada ver os meus amigos chegarem.
Porém, como o Magaiver fez em 1h34min37seg, não o vi chegando pois eu demorei um pouquinho a ir para o local, mas imaginei que por causa do percurso ele iria fazer em mais de 1h40.
E como não o via chegando comecei a ficar preocupado, achando que poderia ter acontecido alguma coisa com ele durante o percurso.
Vi que a Carla estava do outro lado da avenida.
Fui até lá e esperamos até que o Bruno e o Tuco passaram, daí ela os acompanhou e eu preocupado com o meu amigo fiquei por ali mesmo.
Acho que foi por isso que não vi as meninas de Cuiabá chegando, pois voltei para a área dos atletas procurando o Magaiver e não o achava.
Aproveitei e tirei uma foto com os blogueiros.



Eu, Bruno, Carla e Tuco, foto "roubada" do blog do Bruno. rsrs.


Daí a Carla, o Tuco e o Bruno foram ver as Cataratas e eu ainda procurando pelo meu amigo.
Algum tempo depois vi que estava sendo realizada a entrega da premiação para os vencedores.
Fui lá e quando derrepente me surgi o Magaiver, todo trocadinho, bunitinho (bom, bonitinho é o modo de dizer,porque não acho homem bonito, rsrsrs) e pergunto onde ele estava e ele me diz que tava no alongamento.
Pow, eu morrendo de preocupação com o cara e ele numa boa?
Ahh, fala sério. Mas fazer o que né?

Nisso ouço o Rudinei dizendo que havia ficado em terceiro lugar em sua categoria e pergunto a ele como ele sabia, e ele me diz que estava num mural ali do lado e que eu havia sido o campeão da minha categoria.
Corro lá e constato o fato, e a felicidade se via estampada no meu rosto.
Pois a poucos mais de um mês nem treinando eu estava devido a uma lesão no joelho direito e pela falta de ânimo.
E sem contar que seu estava sem treinador também.
E por este fato a felicidade aumentou mais ainda.
Quando eu estava tendo a “assessoria” de um treinador os treinos estavam me sobrecarregando, por isso me tirando o prazer pela corrida.
Agora, sem treinador, treino quando o meu corpo se senti apto para isso, e estou correndo menos dias semanais, menos volumes e intensidades e estão dando basicamente os meus rendimentos. Pois perdi por apenas 21 segundos para o tempo do ano anterior. Ano que estava sendo treinado por um “profissional” do esporte.



Subi ao pódio com muito orgulho, alegria e satisfação pelo feito conseguido pelo segunda vez em primeiro lugar e pela quarta vez em quatro provas em Fos do Iguaçú. Foram dois primeiros lugares nesta meia, e dois terceiros lugares, um na prova de 10km em anexo a I Maratona das Águas em 2007, e outro terceiro lugar na II Maratona das Águas em 2008 (42km).


Depois, pra completar, só mesmo uma visita as belas e imponentes Cataratas do Iguaçu.

Acima eu, e abaixo o Magaiver e eu.



Retornamos do Parque as 13 horas com destino a rodoviária de Foz com intuito de voltarmos o quanto antes para casa.
Mas...
Ao chegarmos na rodoviária constatamos que havia apenas uma vaga para o horário das 14h50 com retorno a Ubiratã.
E o outro horário só seria as 20h30.
Como o Magaiver é separado da esposa e tem quatro filhos todos de menores dos quais ele toma conta. Não exitei e disse pra ele.
- Vá neste horário que eu fico pras 20h30.
Ele mais que de imediato arrancou a carteira do bolso e disse que a passagem era dele.
Até achei um pouco estranho aquela atitude dele, pois ele nem sequer fez questão de ficar.
Já que viemos juntos, vamos voltar juntos (eu imaginava isso dele, mas não).
Mas tudo bem.
Ele tinha filhos pra cuidar e eu não.

Mas ao final achei foi até muito bom ter ficado em Foz por mais estas 5h e 40min.
Pois conversei com vários atletas de diversas regiões.
Uns reclamavam do jantar de massas que estavam uma bagunça. Na realidade estava mesmo.
Outros reclamavam de que os atletas de elite receberam os troféus nas categorias “roubando” o lugar de algum atleta amador.
Mas achei um absurdo isso mesmo.
Pow, elite já está concorrendo ao prêmio da elite e não pode (na minha opinião) receber troféu ou prêmio por qualquer outra categoria.
Como simples mortais como nós teremos chance de chegar a um lugar no pódio se dão preferência a elites?
Eu não fui prejudicado, mas concerteza muitos lá na Meia das Cataratas foram.
E outra coisa que reclamavam é que para os três primeiros no geral a premiação era altíssima, enquanto nas categorias eram simples troféus.
Pagamos um absurdo pela inscrição (74,00 reais) e só concorrer a troféu que ainda foi dividido com os atletas elites. Fala sério. Vamos rever os conceitos para 2010 aí pessoal da Associação Pró-Correr de Incentivo ao Esporte e Cataratas do Iguaçu S/A.
Pois assim não tem condições.
Somos nós, os amadores que fazemos uma prova ser grande.
Foram menos de 20 atletas de elite, imagine uma prova que foi tão falada e comentada na mídia mundo afora com menos de vinte corredores nas ruas???
Vamos mudar isso para a quarta edição. Prêmios para os amadores.

Depois ainda conheci a Aline, professora de educação física que veio de São Paulo com sua mãe para correr os 21.097 metros da prova. A Aline foi a 23ª colocada no geral e a terceira em sua categoria (sua mãe só a acompanhou na viagem, ela não corre).
Foi muito bom passar estas quase duas horas falando com você e com sua mãe, o tempo passou rapidíssimo enquanto estávamos conversando. Espero que você também entre em contato aqui no Correndo Corridas.

Eu, Aline e Paulo na rodoviária esperando a hora de voltar pra casa.


Também estava conversando com a gente, o Paulo do interior de São Paulo (Bauru, eu acho) ele ficou pouco tempo, depois disse que ia fazer uma ligação e não voltou mais.
Eu até ia passar o endereço do meu blog pra ele. Mas, enfim...Ele não retornou.
As 19h30 a Aline e sua mãe embarcaram para São Paulo e eu novamente fiquei sozinho.
As 20h00 fiz um pequeno lanche e as 20h30 embarquei rumo a minha querida casa na cidade de Ubiratã.
A viagem demorou 5 horas devido ao ônibus parar em todas as cidades que encontrava pelo caminho.


Minha 38ª medalha, sétima no ano.
.
.


Meu 13º troféu, segundo no ano.




É isso amigos.
Longo texto né??rsrs
Infelizmente não consegui resumi-lo.


Mas segue abaixo outras coisinhas.hehe

Dinheiro gasto com a participação nesta prova:

Inscrição: 74,00 R$
Lanches: 10,00 R$

Transporte dentro de Foz (taxi e ônibus): 22,50 R$
Viagem de volta: 38,10 R$
Restante do hotel: 5,00 R$


Total: 149,60 R$

Do Dinheiro que o Magaiver havia conseguido só desfrutei do almoço, da viagem de ida para Foz do Iguaçu, que foi uma cortesia do Restaurante Peroza, e parte do hotel (83,3%), uma gentileza da Farmácia Ubiratã.
Os demais patrocínios foram todos utilizados pelo amigo Magaiver e não divulgarei as empresas patrocinadoras aqui, pois o beneficiado foi apenas ele.
Espero contar com a compreensão de todos.

Nota:
1 - A equipe do site Erunner, haviam me pedido para fazer uma cobertura da prova.
Segue a seguir a matéria que servia de chamado para <>a cobertura ---> http://www.erunner.com.br/ver-noticia.php?area=5.

E a matéria da cobertura feita por mim ---> http://www.erunner.com.br/ver-cobertura.php?area=10.

2 - Quero agradecer também ao Jornal O Vale do Piquiri pela matéria publicada neste sádado dia 11, sobre a minha participação na Meia Maratona das Cataratas. E aproveitando, quero agradecer também ao Fábio do site http://www.ubirataonline.com.br/ pelo espaço sedido a mim e divulgando sobre esta participação na prova de Foz do Iguaçú. A matéria foi postada hoje dia 12 no site, e pra quem quizer conferir é só acessar o link acima ou neste a seguir que cairá diretamente ao texto http://www.ubirataonline.com.br/index.php?secao=noticias_ver&id=1426.


Bom, agora eu acho que acabou.rsrsrs
Grande abraço a todos e mais uma vez peço desculpas pela extensão do post.


---> tutta <---
ubiratã-pr.
www.correndocorridas.blogspot.com

10 comentários:

Leandro Turbino disse...

Tutta, muito legal seu resultado e também seu relato.
Parabéns! este tempo já dá pra pegar os quenianos, hein? Faz tudo isso sem o devido apoio? imagina se tivesse apoio, né?
É isso aí, Parabéns!
Abraços,
Leandro.
http://corromesmo.blogspot.com

Carlos Lopes disse...

Me explica uma coisa... vc não recebeu dinheiro pelo pódio????

Carlos Lopes disse...

tu conheceu os meus primos Quenianos

...tuttA... disse...

Leandro,
Obrigado.
E quanto a pegar os quenianos, bom, se fosse pelo menos uma queniana.rsrsrs
Mas, deixando a brincadeira de lado, pra acompanhar um queniano em uma prova tenho que treinar muiiiiiiito ainda...
Nem tenho pretensão para tal façanha.
Prefiro ir dando minhas pernada básicas por aí enquanto puder.hehe
E sobre ter apoio, aqui em Ubiratã o atletismo em geral não tem apoio da Secretária Municipal de Esportes.
É uma vergonha para o município, mas fazer o que? Os governates não estão nem aí.
Grande abraço pra vc e muito obrigado por ter passado por aqui.


Carlos,
Não havia nada de premiação em dinheiro.
Não só eu mas muitos atletas ficaram indigandos com isso, pois elevaram a premiação no geral para 15 mil reais para o primeiro colocado, 10 mil para o segundo e 5 mil para o terceiro e nas categorias recebemos apenas simples troféus.
E quanto aos teus primos quenianos não sei se conheci eles não, quem são???rsrs
abraços.


---> tutta <---
ubiratã-pr.
www.correndocorridas.blogspot.com

TUCO disse...

Huiahauihaihia!! Fizeram uma premiação altíssima para 10 corredores de elite. E a festa de verdade, que o povão(nós)faz, ficou com medalhas de finisher e troféus, para a turma de elite também? Não sabia disso. Acho uma sacanagem. Bom Tutta, siga firme em seus objetivos meu amigo. Vai com fé que tudo dará certo... Daqui uns dias veremos você na Elite. Acho que um cara do teu calibre, tem que pleitear na prefeitura um apoio...Vai lá, esperneia, chora e grita e não sai da secretaria de esportes de Ubiratã sem patrocínio!! Faz isso mesmo... No mais, só alegria em participar de uma prova com vc, e com a turma blogueira... Tudo de bom, bons trreinos e mantenha contato!! Abração

...tuttA... disse...

Tuco,
Bom, é o seguinte sobre a prefeitura e o apoio para o atletismo em geral aqui em Ubiratã.
Já me cansei de tentar e não quero e nem vou insistir mais com eles.
Pra mim ir lá e implorar por um patrocínio seria o mesmo que pedir esmolas e não quero isso pra mim.
Vou com o meu dinheiro mesmo e estou feliz assim.
Eu bancando minhas despesas não preciso dar satisfação de resultados pra ninguém se eu for bem ou mal numa prova.
Acho que dá pra entender um pouco o meu lado né??rsrs
Não quero pressão por resultados em cima de mim, o meu ex-treinador fazia quase isso e acabei por quase parar de correr e não quero que isso aconteça denovo, entende??
E quanto a me ver na elite, sei não.
Acho tão legal correr como amador.rsrs
Mas, um dia quem sabe.hehe
Abraço, manterei contato sim.

---> tutta <---
ubiratã-pr.
www.correndocorridas.blogspot.com

Pati Gomes disse...

Também acho uma puta sacanagem não ter premiação, pelo menos, para o vencedor de cada categoria. Afinal de contas, o esforço pessoal de um amador, como você para, sem patrocínio, chegar numa corrida disputada e vencer, nao é fácil!
Independente disso, continue nos alegrando com as suas vitórias, viu!
Grande beijo!

Estela disse...

Parabéns MESMOOOOOOOOOOO!!!!!!!
Já corria, mas descobri a maravilha dos blogs de corredores recentemente! Adorei o seu"@!!!
Parabéns pelo resultado!
Vc vai participar da meia q vai ter em sp no final de setembro?
estou planejando q ela seja minha primeira meia....

parabens pela corrida e pelo blog!!!!

Running Brazil !!!!!!! disse...

Esse cara é muito fera !!!
Parabéns cara !

runningbrazil.blogspot.com

...tuttA... disse...

Pati,
É uma tremenda de uma sacanagem mesmo não ter premiação em dinheiro. A gente paga um absurdo de inscrição para somente ganhar um troféu e ainda ter que dividir com os atletas de elite. O segundo colocado da minha categoria foi terceiro lugar na São Silvestre em 2006.
Mas fazer o quê né? rsrs
Muito obrigado pelo comentário deixado aqui e um mega beijo pra vc.


Estela,
Como vc não me deixou meio de te responder, faço isso por aqui somente.
Primeiramente muito obrigado.
É bom saber que vc também corre e que descobriu este mundo fantástico dos blogs.
Coisa que eu adoro, porém, deixo muito a desejar, pois quase nunca coloco coisas a respeito de corridas, a não ser sobre as minhas próprias.
E quanto a correr no final de setembro a meia em São Paulo, não vai dar, pois no dia 27 tem a 3ª Maratona das Águas em Foz do Iguaçú e eu estarei por lá.
Pretendo correr em Guaratinguetá em outubro, mais precisamente no dia 25 na Meia Maratona do Frei Galvão.
Se for possível mantenha contato, ok?
Beijos pra vc.


Running Brasil,
Muito obrigado pelo comentário deixado aqui, e pelo deixado no blog do Bruno (Correndo na Chuva).
Todos estes comentários são os meus combustíveis de energia que busco quando vou para um treino ou uma prova importante.
Obrigado de coração.
Beijos.


--- tutta <---
ubiratã-pr.
www.correndocorridas.blogspot.com