quarta-feira, 20 de julho de 2011

Tendinite Patelar: o pesadelo de muitos corredores

.
Olá caros amigos leitores e seguidores deste humilde blog. Eu normalmente não publico nada a respeito de treinamentos, lesões ou qualquer outro assunto relacionado ao atletismo senão as minhas próprias "conquistas" e 'experiências' no esporte. Mas, como o meu joelho começou a reclamar de dores há alguns dias e a mesma já foi diagnostica, hoje, como Tendinite Patelar, resolvi então pesquizar sobre o assunto e achei uma matéria no site Webrun que dá uma brave explicação de como solucionar o problema. Confiram.


Tendinite Patelar: o pesadelo de muitos corredores

Sabemos que essa patologia atinge muitos corredores, mas muitos não têm conhecimento de sua causa e como ela pode ser tratada. Nesse artigo, daremos uma breve explicação afim de solucionar esse problema que atrapalha tanto nos treinamentos diários.

A tendinite patelar é uma síndrome por “overuse”, muitas vezes além do limite de elasticidade e resistência do tendão. Essa inflamação é devida a microtraumas repetidos, que podem ocorrer devido a desequilíbrios musculares ou fadiga, alterações nos exercícios, erros de treinamento ou uma combinação de vários desses fatores.

Existem quatro graus de inflamação do tendão patelar:

  • Grau I: dor supra ou infrapatelar após a atividade, sem limitação para o exercício;
  • Grau II: dor no início e após a atividade física; (meu caso)
  • Grau III: dor durante a atividade física e limitação da função;
  • Grau IV: ruptura tendínea

    Outras causas podem ser associadas a alterações de postura da coluna vertebral e dos membros inferiores (hiperlordose, joelhos valgos ou varos e alterações da patela).

    A dor se localiza na inserção do quadríceps (acima da patela), no corpo do tendão ou na tuberosidade da tíbia (abaixo do joelho). Geralmente ela começa suave e melhora durante a atividade. Também encontramos encurtamento de posterior de coxa e panturrilha, diminuição da musculatura da coxa, “estalos” no joelho e inchaço no tendão.

    Uma vez identificada a tendinite patelar, é hora de partir para o tratamento. Os recursos fisioterapeuticos, que melhor atendem a essa patologia são a crioterapia (gelo), indicada para qualquer inflamação aguda e o uso da eletroterapia como Laser e Ultra-som, que auxiliam na cicatrização e na diminuição da inflamação do tendão.

    Avaliação - Uma avaliação precisa para identificar a real causa da lesão é essencial. A partir disso, pode ser traçado um plano de tratamento com exercícios de alongamento do mecanismo extensor do joelho, fortalecimento e reequilíbrio muscular da área comprometida (inicialmente exercícios isométricos) e o trabalho de propriocepção. Este deve ser feito apenas quando não há mais dor e a musculatura já estiver reequilibrada.

    O mais importante é citar que a prevenção é a principal arma contra essa patologia. Isso é feito com treinamentos em superfícies de menor impacto, exercícios de coordenação e alongamentos para melhorar a flexibilidade muscular.



  • Em outro site, vi algo a respeito do tratamento e pede repouso, ou seja, que o individuo acometido por esta lesão pare a atividade por alguns meses, bem como evitar que o joelho se dobre completamente, aplicação de gelo, de calor, remédio anti-inflamatórios de forma oral além de muitas outras dicas e cuidados.

    No meu caso, o Dr. Eduardo Canella Valim me indicou uma medicação anti-inflamatória, uma injeção (não local) e 10 sessões de fisioterapia, que provavelmente já começo amanhã , além de ficar pelo menos 3 semanas sem correr. Mas, como eu tenho uma maratona daqui a duas semanas e meia, não sei se terá como ficar sem correr não. hehe

    É claro que disse isso a ele e por este motivo ele me pediu pra acelerar nas sessões de fisioterapia e voltar lá no consultório assim que terminar as sessões e daí ele irá analizar e ver se pode ou não me 'liberar' pra correr em Assunção dia 7 de agosto. Caso contrário, terei que abortar a missão "Assunção" e realizar este sonho de correr uma prova fora do Brasil em outra ocasião.
    E se os sintomas ainda persistirem, terei que fazer uma Ressonância Magnética.

    Só espero que dê tudo certo, correndo em Assunção, ou não.
    O que eu quero é continuar correndo, mas sem dores.
    Sonho, eu terei a vida toda pra realizar.
    Saúde, eu não quero ter a vida toda pra me preoculpar com problemas.

    Abraço a todos.



    tutta/ubiratã-50anos
    www.correndocorridas.blogspot.com

    14 comentários:

    Fabi disse...

    Bom artigo =) Graças a Deus nunca tive nenhuma lesão grave e que ele me conserve assim =)

    Bons Kms pra ti

    Fabi =)

    Sergio disse...

    Tutta,
    não sei se é o caso do médico que você foi, mas o ideal é ir em um médico da área esportiva. Talvez na sua cidade não haja. Caso contrário, a primeira coisa que o médico manda é parar de correr por uns tempos. Eu fui em um da área desportiva (da seleção brasileira de nado) e mesmo com uma metatarsalgia (pé), condromalácia patelar nos dois joelhos e uma tendinite no semitendinoso me liberou para continuar correndo, desde que diminuísse o volume. Conclusão, com a fisoterapia em paralelo, só a tendinite permanece...
    Melhoras para você!
    abraço,
    Sergio

    BALEIAS disse...

    Caro Tutta. Eu passei a sentir essa dor depois que mudei a pisada para o meio do pé. Já larguei disso e voltei a pisar como dantes e a dor tá indo embora. Espero que dê tudo certo para não perdermos sua companhia em Assunção. Grande abraço. Miguel Delgado.

    Corridas e Maratonas disse...

    oi Tutta!!

    Estarei ak na torcida para sua recuperação. Eu fui pega tb por essa dor, aliás ainda estou com ela, contudo tentando dosar.. alongamento, gelo e tento treinar em grama, pista, enfim.. tenho uma descompensação enorme de força muscular e acabo sobrecarregando muito minha perna esq.e o joelho.. enfam.. sorte para nós!!

    bjs! Pri

    Dani disse...

    Oi Tutta,

    O Vinicius já teve isso, Tutta.

    Ele tratou com antiinflamatório, repouso por 1 mês e aplicação de gelo no local.

    Te desejo melhoras!!!

    Bjos,
    Dani
    correndoemagrecendo.blogspot.com

    Tiago Antunes disse...

    bah coisa braba essa heim! Melhoras para você tutta!

    Abraço

    tutta disse...

    Resposta a Fabi:
    Que legal que você nunca teve lesão grave. Também espero que Deus te conserve sempre assim, pois pra quem gosta de correr e ver os treinos indo por "água abaixo" por causa de uma lesão, não é nada legal. rsrs
    Mas, com cautela nos recuperamos. hehe
    Bons kms pra ti também.
    Beijo.


    Resposta ao Sérgio:
    Realmente Sérgio, aqui em Ubiratã não tem nenhum médico específico da área esportiva. Mas, este médico que consultei, Eduardo, foi o mesmo médico de 2008 quando fui consultá-lo pela primeira vez com esta mesma lesão e no mesmo joelho e na ocasião ele me receitou os antiínflamatórios, repouso e 10 sessões de fisioterapia e cerca de um mês depois eu já estava de volta aos treinos normais. Porém, com um detalhe: fazendo apenas 5 sessões da fisioterapia que depois nem fiz as outras cinco. Talvéz tenha sido aí onde errei. Mas a dor não voltou por um bom tempo.
    Aliás, é só agora que venho sofrendo um pouco com ela justamente por forçar nos treinos para fazer boas provas.
    E quanto ao repouso: mesmo que eu tivesse consultado um especialista na área e ele me liberasse pra treinar, com certeza eu não treinaria, pois como comentei no post anterior, que no sábado saí pra treinar e não consegui dar dois passos sem sentir dor e eu não gosto, não quero e nem vou treinar sentindo dores. hehe
    Prefiro dar um tempinho, mesmo sabendo que minha performance irá cair bastante durante este período.
    E em relação a permanencia da tendinite, acredito que ela permanecerá mesmo, pois a tenho desde 2008. rsrs
    Mas, quando voltar ao médico, vou perguntar mais detalhes sobre esta lesão.
    Mas, de qualquer forma valeu pela dica, ok?
    Abraço.

    PS: só é uma pena eu não ter o seu email para responder este comentário diretamente a você.
    Dá próxima vez se você puder, deixe seu email, ok?


    Resposta ao Baleias:
    A minha pisada é a mesma de semrpe Miguel. O que mudou foi apenas o volume e o ritmo dos treinos e é por isso que esta lesão apareceu.
    Em março de 2008 e em abril de 2009, com o "treinador", foi a mesma coisa. Com treinos mais fortes o meu joelho não agüenta. Mas como eu queria fazer uma Maratona de Assunção sub 2h39 e assim quebrar o meu recorde, da época do técnico, fui forçar e deu no que deu. hehe
    Mais espero estar com vocês em Assunção sim. Nem que for para prestigiá-los. E se der eu quero correr, mesmo sabendo que poderei terminar com um péssimo tempo, ou na pior das hipóteses, nem conseguir completar. rsrs
    Abraço.


    Resposta a Corridas e Maratonas:
    Obrigado Pri.
    Estive lendo sobre esta lesão na internet e falam muito mesmo sobre gelo, calor e um monte de outras coisas. Mas, estou mesmo é na base do anti-inflamatório e esperando vaga pra fisioterapia, que mesmo eu pagando a metade do valor, não esta tendo vagas. hehe
    Esse sistema de saúde pública na Brasil é um caso sério. rsrs
    Quanto a treinar na grama, vou preferir ficar uns dias parado mesmo e ver no que dá semana que vem. hehe
    E sorte pra nossa recuperação. hehe
    Beijo.


    Resposta a Dani:
    Oi Dani, essa é terceira vez que tenho isso. hehe
    No entanto, esta é apenas a segunda vez que procuro um médico. Dá outra vez apenas repousei por trinta e poucos dias e melhorou. Coisa que espero que aconteça novamente desta vez. hehe
    Estou tomando anti-inflamatório também, porém, gelo não estou aplicando. Aliás, nunca fiz isso. rsrs
    Mas, li algo na internet que diz que é bom. Mas, por enquanto não vou fazer isso não. rsrsrs
    Beijo e obrigado.


    Resposta ao Tiago Antunes:
    Vida de atleta é assim mesmo Tiago.
    Nem sempre são só flores e alegrias não. Tem que ter os espinhos e as dores. rsrs
    Abraço e obrigado.


    tutta/ubiratã-50anos
    www.correndocorridas.blogspot.com

    Thiago Melo disse...

    Grande Tutta,
    Obrigado pela sua visita...andei meio sumido mas agora estou de volta.
    Que chato esse estória de lesão heim...mas fazendo o tratamento certo tudo ficará bem de novo.
    Abraço,
    Thiago Melo
    http://corredoraprendiz.blogspot.com/

    sacadura disse...

    Olá Tutta,tomara que a lesão melhore.Já tive lesão na panturrilha (leve)e sei como é difícil ter que diminuir ou mesmo interromper os treinos.Boa Sorte na sua recuperação.ABÇ

    Jorge disse...

    ---------\\\\|/---------
    --------(@@)-------
    --ooO--(_)--Ooo--
    Eita meu amigo que coisa chata hein, mas desde já, já estou torcendo para que vc melhore o mais rápido possível, tenha paciência que tudo dará certo campeão...

    Boa recuperação,

    Jorge Ultramaratonista
    www.jmaratona.com

    Avicor disse...

    Grande Tutta !!Essas contusões são broka né amigo !!
    Ja tive uma tendinite e estalava pra caramba é muito estranho rsrsr!!

    Mas cara estarei torcendo pela sua recuperação o mais rapido possivel !!

    Abraços e boa recuperação !1

    Romildo

    tutta disse...

    Resposta ao Thiago Melo:
    Valeu Thiago e seja bem vindo novamente. hehe
    É, e essa "estória" da lesão só veio atrapalhar os meus planos pra Assunção. rsrs
    Mas, já estou bem melhor. Tá até me dando vontade de correr pra ver se ainda dói. rsrs
    Abraço.


    Resposta ao Sacadura:
    Já está melhorando Sacadura.
    Mas, foi uma pena isso me acontecer logo agora quando eu estava super empolgado na preparação pra Maratona de Assunção.
    Mas, vida de atleta é assim mesmo né? rsrs
    Abraço.


    Resposta ao Jorge:
    Coisa chata mesmo Jorge.
    Mas, em tudo tem que haver uma "pitadinha" de suspense pra ficar bom né? rsrs
    E eu já estou quase bom e logo logo quero estar de volta com os meus tempos normais em provas. hehe
    Abraço e obrigado.


    Resposta ao Avicor:
    Estas lesões são complicadas sim meu amigo. O meu joelho também dá estes tais estalhos estranhos de vez em quando. hehe
    Valeu.
    Abraço e tudo de bom aí Romildo.


    tutta
    www.correndocorridas.blogspot.com

    Joka disse...

    Bela informação guerreiro, espero vc melhore logo !!! Abração Tutta

    tutta disse...

    Resposta ao Joka:
    Valeu Joka.
    Abraço.


    tutta
    www.correndocorridas.blogspot.com