quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Corrida nº 70 - 3ª Meia Maratona de Maringá (07/11/2010)

.
Fui para Maringá no último domingo (07/11/2010) apenas para fazer com que o Braguinha não perdesse os 35 reais da inscrição da corrida que ele havia feito. Pois o meu estado no momento pedia para ficar em casa devido a febre, dor de dente e praticamente sem dormir nas últimas duas noites que antecederam a prova. Quanto a "perca" do valor da minha inscrição eu nem ligava, mas quanto se trata de dinheiro dos outros, procuro valorizar. Mesmo que para isso eu saia no prejuízo.
Mas, ao chegar lé em Maringá sabe como é atleta, né? Não resisti.
Ao ver os atletas se aquecendo, se alongando e se preparando para prova o meu "espírito" de corredor falou mais alto. E mesmo com todos os síntomas sitados acima, corri e fiz uma prova muito boa.


Dados Gerais:


Data: Domingo, 07 de novembro de 2010.
Cidade: Maringá-Pr.
Nome da Prova: 3ª Meia Maratona de Maringá
Distância: 21,097km
Tempo: 1h19min59seg - 1:20:03 pela organização
Média Por Km: 3min47seg
Número de Peito: 1169
Colocação Geral: 21º lugar
Atletas Concluíntes na Categoria Geral Individual Masculina: 179
Colocação Faixa Etária 18 a 34 Anos: 4º lugar
Atletas Concluíntes na Faixa Etária: 44


Apesar de eu não estar com intensão de participar da prova chegamos bem cedo em Maringá. Pois o Braguinha iria correr e assim estrear em meias.
A minha intensão foi apenas ir pra poder dividir os custos da viagem com ele, pois se eu dissesse que não iria correr, ele também não iria querer viajar porque o custo da viagem de Ubiratã à Maringá é um tanto quanto alto. E para uma pessoa pagar tudo sozinho, não compesa. Fica caro.

Ao chegarmos lá, fomos pegar os nossos kits.
Claro que eu também quis pegar o meu. Eu paguei, eu tenho direito. rsrs


Comentário sobre a prova:
A prova estava em sua terceira edição e além da prova individual, havia ainda uma prova de revesamento que poderia ser feita em duplas e em quartetos.
As largadas seriam todas simultâneas e prevista para às 8h30.
O percurso é quase 100% plano, muito bonito e bom para se correr. Todo bem arborizado e mesmo tendo feito uma temperatura razoavelmente alta, não deu para sentir muito.
Houve um bom abastecimento de água ao longo de todo o percurso que consistia em dar duas voltas no mesmo trajeto.
Uma organização "boa, mas simples", e com muitos pontos "negativos" ao meu ponto de vista.


Voltando...
Por volta das oito horas o Emerson estava chegando ao local da prova e nos vê ao lado carro e vai lá para nos cumprimentar.
Digo a ele que não estou com condições de participar devido a dor de dente, a febre e as noites mal dormidas e ele até me aconselha que não é bom participar de uma prova estando assim.
Pelo menos não pra competir, mas que valeria a pena correr num ritmo mais lento e assim conhecer um pouco mais a cidade.
Até concordei com ele mas ainda não tinha decidido se ia correr ou apenas assistir.

Porém, faltando uns 10 minutos para o horário previsto para a largada resolvi que iria correr e "puxar" o Braguinha para que ele conseguisse atingir o seu "objetivo" que era fechar a prova em torno de 1h45. Ou no máximo, terminar. hehe

Coloquei o número na camiseta que estava vestido mesmo, pois como não iria competir achei desnecessário me aprontar por completo. hehe
Mas, eu havia levado uma camiseta regata, e além do mais, a camiseta do evento também era regata.
Já quanto ao short, eu sabia que poderia ter uma "recaída" e por isso vesti ele por baixo da calça. E na hora, foi só tirá-la. hehe

Bom, pronto pra corrida, vou procurar o Braguinha e dizer que iria acompanhá-lo na prova. Ele me disse que eu poderia fazer a minha corrida.
Então já que é assim, vou ver o que dá nos primeiros três kms. Se eu não tiver me sentindo bem, paro e te espero - eu disse a ele.

Fomos para a largada, encontrei ainda o Marcos que iria fazer o revezamento, bem como a Adriana também. Conversamos uns segundinhos e foi dada a largada. E um detalhe: com 22 minutos de atraso. Um absurdo.
Estavam esperando o prefeito chegar para dar umas palavrinhas.
Mas, quando ele chegou nem quis falar nada. Pois quando o locutor disse que o prefeito ia falar todos começaram a reclamar e então ele fez sinal para o locutor que falaria no final da prova e daí todos aplaudiram o prefeito. Acho que foi a melhor coisa que ele fez. Não falar nada. kkkkkkkkkk
Ah, e no final, acho que ele nem estava mais lá (rsrs). Me corrijam se eu estiver errado.

Dada a largada (8h52) me "programei" para fazer na média de 3min50/km ou um pouquinho abaixo disso, pois como nunca terminei uma meia maratona acima de 1h20, queria que hoje não fosse diferente, apesar das circunstâncias não serem favoráveis.

Na marca do km 2 (as placas foram colocadas a cada 2km no percurso) vejo que estou dentro do previsto, apesar da lentidão da largada. O meu tempo no momento era de 7min52.
Tentei manter o ritmo e fazer a minha corrida, como disse o Braguinha antes da largada
.
Nesse momento a dor de dente nem sentia mais. Aliás, eu sequer lembrava que tinha dente pra doer. O que eu queria era correr. rsrsrs
Assim fui indo, indo, indo, indo, indo... Quando derrepente: quilômetro 10, já? rsrs
Passei com 38min08seg, dois minutos acima do tempo que eu havia feito na meia de Toledo a duas semanas atrás. Mas, o tempo nem importava nessa hora, pois apesar de tudo o que passei nos dois últimos dias, eu estava me sentindo bem, porém, sem condições de forçar mais do que aquilo. Devido aos síntomas já citados e o monte de remédios tomados até poucos minutos antes da prova.

Completo a primeira volta (métade de prova) em 40min01seg.
Manter esse mesmo tempo nessa segunda volta seria difício, pois o tênis no qual eu estava correndo era o Olympikus Tube, no qual eu já havia citado aqui no blog que ele é bastante pesado e as pernas concerteza iriam sentir nos kms seguintes. Bem como o cansaço por conta das poucas horas dormidas.

Entrentando fui procurando não deixar cair tanto assim o ritmo.
Sempre tinha um ou outro atleta em minha frente e eu procurava ultrapassá-lo para manter um equilibrio no ritmo.
No km 16, dei uma pequena queda de produção por conta de uma pequena elevação no percurso, mas que durou poucos metros e voltei a normalidade. Pelo menos até o km 18, quando novamente havia uma outra pequena elevação de percurso e daí os dois atletas que vinham ao meu lado deste o km 16 começaram a abrir vantagem e não os alcansei mais.

Porém, no km 20 quando vejo o tempo no cronometro (1h16min13) tento forçar um pouco mais pra não terminar a prova depois de 1h20, mesmo sabendo que seria difício demais fazer os últimos 1.097 metros abaixo dos 3min50.
Mas, fiz o que pude e até diminuí um pouco a distância minha em relação aos dois atletas que haviam me ultrapassado a dois kms atrás e iam a poucos metros à minha frente.

Pouco antes de cruzar a linha de chegada (em descida) ainda tento dar um "sprint" pra fechar abaixo do tempo citado acima.
E quase deu. hehe
Aliás, só não foi possível completar a prova abaixo do tempo de 1h20 porque não houve chip de cronometragem, pois o tempo cronometrado por mim, pelo meu cronometro foi de 1h19min59seg. Já pelo tempo oficial "bruto" da prova foi de 1h20min03seg.

Este foi o meu pior tempo em meia maratona.
E o percurso foi o melhor já corrido por mim até hoje.
Raramente havia uma subida. Aliás, nem teve (rsrs). O que teve foi apenas pequenos trechos de alguma elevação não muito, ou quase nada acentuada.
O percurso é um bom lugar para se bater recordes na distância.
Pelo menos nisso a organização mandou bem. Digo, pelo menos nisso porque houve pontos em que achei "negativos" e que vou citar logo mais abaixo.

E foi isso.
Apesar de todas as dificuldades (dores de dente, febres, noites mal dormidas, poucos treinos e uma vontade não muito grande de participar da corrida) saí de Maringá satisfeito com o meu desempenho. E além do mais, foi bom para "acumular" quilômetros para atingir a marca de 2010 que busco até o final do ano.

Acabei sendo o 21º colocado na classificação geral individual e o 4º na faixa etária de 18 a 34 anos. É isso mesmo, faixa etária de 18 a 34 anos. Onde já se viu uma coisa dessas (???) rsrs

Segue abaixo algumas fotos:

Kit contendo uma camiseta, o número, 4 alfinetes, um informativo aos atletas e uma pulseira
.
.
.

Antes da prova todo "uniformizado" com short e camiseta do tricolor paulista que por sinal perdeu na parte da tarde para um "tal" de timão por 2x0 em jogo válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.
.
.
.

Minha 63ª medalha (bem "vagabundinha" por sinal) e 15ª em 2010.
.
.
.


Classificação dos 33 primeiros colocados na prova geral masculina individual
.
.
.

Classificação da "absurda" faixa etária 18 a 34 anos.
E ainda assim fui o quarto colocado.
hehe
.
.
.

Vicentin, Adriano Bastos que foi o terceiro colocado geral da prova individual e eu.
.
.
.

Pódio da categoria dupla mista. Marcos (de amarelo) vibrando muito em seu primeiro pódio na carreira (tempo: 1h42min34, 13 duplas). Tem que vibrar mesmo amigo, pois você merece por ser esse cara guerreiro e batalhador de sempre. Ah, e uma outra coisa. Acho que sei porque você conseguiu pódio dessa vez. É que você não correu com a bandeira do Corínthians. rsrs
Brincadeira, ok?
Desejo muito sucesso e muitos outros pódios, com bandeira do "Timão" ou sem. hehehe

.
.
.

Pódio categoria dupla feminino. Adriana (de saia azul) também vibrando bastante no lugar mais alto do pódio (tempo: 1h45min43, 4 duplas). Parabéns a você também amiga.
.
.
.

Por fim... o Pódio da faixa etária 35 a 39 anos com o amigo Emerson em mais um pódio na carreira. Ele foi o 14º no geral individual com o ótimo tempo de 1h17min25. Parabéns.
.
.
.


Dinheiro gasto com a participação nesta prova:

Inscrição: 35,00 R$
Pedágios (2): 16,00 R$
Almoço (3): 47,00 R$
Combustível: 38,00 R$

Total: 136,00 R$


Notas: 1 - Agradecimentos:
Ao Osmar (meu patrão) por ter se disponibilizado e nos levado com seu carro.
Ao Braguinha por contribuir com parte das despesas (dois pedágios "16,00 R$" e o combustível "38,00 R$).
E a Deus, por me dar o prazer de concluir de forma honrosa mais esta prova.

2 - Pontos negativos na prova:
a - as divisões das faixas etárias poderiam ser como o "tradicional" de 4 em 4 anos. Pois assim daria mais chances de atletas "brigarem" entre atletas de sua mesma idade. A "minha" faixa etária é a de 30 a 34 anos e nesta prova tive que competir com atletas de 18 a 34 anos. E dos 3 que chegaram em minha frente, um tinha 23, outro 25 e só um com 30 anos. Ou seja, só um seria realmente da minha faixa etária e eu teria ficado em segundo lugar.
Nas categorias de 35 anos acima foram corretas, ou seja de 4 em 4 anos.

b - Premiação em dinheiro:
Na minha opinião os atletas que participaram da prova individual foram um pouco "desvalorizados" (sem desmerecer os atletas que participaram em duplas ou em quartetos, não confundam uma coisa com outra).
O fato é que quem correu a prova em quarteto, dividiram um prêmio no valor de 800 reais (no primeiro lugar). Já na prova de duplas, o prêmio foi de 700 reais para os campeões. E quem vencia a faixa etária da prova individual levaria apenas 100 reais para casa.
Ou seja, feita a divisão dos prêmios em dinheiro para os atletas, os quartetos ficaram com 200 reais cada (isso a equipe que ficasse em primeiro lugar). As duplas com 350 reais, e os individuais com os 100 reais. É certo isso? Eu não acho.
Os prêmios para os segundos colocados foram de 350 reais (duplas), 600 reais (quartetos) e 80 reais (individual).
Os prêmios para os terceiros colocados foram de 200 reais (duplas), 300 reais (quartetos) e 50 reais (individual).

c - Premiação em troféus:
Outro item que não concordei foi a premiação em troféus para as equipes de duplas e quartetos, pois foi entregue apenas um.
Gostaria de saber como eles vão fazer para dividir este troféu. hehe
O ideal seria um para cada atleta. Ou eu estou errado?

d - Medalha:
Pô, paga-se 35 reais por uma inscrição e a medalha é de plástico (ou sei lá o que é aquilo) e com adesivo de papel colado nela. E olha que me dizeram que a deste ano foi melhor do que a do ano passado. Fico imaginando que tipo de medalha foi entregue aos atletas naquela ocasião. Uma mudança aqui é estremamente necessário. Pois é o único e mais concreto "comprovante" que teremos da prova.

e - Um outro item que poderia ser revisto para as próximas edições é a questão dos copinhos de água. Achei muito grande e com isso o desperdício é enorme. Inclusive no terceiro posto de abastecimento fiz questão de olhar qual a quantidade de ml que cada copo possuia. Eram de 310 ml.
Duvido muito que algum atleta toma tudo aquilo de água.
Copos menores são melhores e evitam tantos desperdícios.

São estes os itens que achei negativo.
Mandei um email para o Vicente Pimentel (coordenador da prova) já no dia seguinte e ele me respondeu apenas que estava aterefado revendo assuntos da prova e assim que pudesse ele me responderia. Mas até agora, nada.
Gostaria que estas mudanças fossem feitas em 2011, não para me satisfazer, mas para o bem da prova e a satisfação maior de todos os participantes.

3 - Pontos positivos:
Bom, como "critiquei" tenho que elogiar também né? rsrs
O percurso escolhido para a realização da prova é 100% bom. Praticamente todo plano.
A hidratação durante e pós-prova também foi muito bom, bem como o kit lanche com maçã e hidrotônico. A camiseta bem bacana.
O atendimento e a atenção dos organizadores e staffs foi legal.
Camiseta e medalha com data da prova. Bem bacana.

E é isso.

Em 2011, muito provavelmente estarei lá novamente para ver se houve ou não mudanças.

4 - O Braguinha estreou muito bem em meias maratonas.
Ele concluiu a prova em 1h51min15seg. Foi o 105º de 179 no geral individual e o 16º de 28 na faixa etária 50 a 54 anos.

Braguinha completando sua primeira meia maratona


5 - Mais fotos aqui.

6 - Estarei postando em cada post de hoje em diante até o final do ano o número de kms que me falta para atingir a marca de 2010.

Faltam 341kms para os 2010.




tutta/ubiratã-pr

17 comentários:

Sergio disse...

Tutta,
Seu blog é muito bacana. Essas provas são bem legais. Para quem não estava pensando nem em correr você foi muito bem! Nem sempre se pode correr para quebrar recordes. Já dá satisfação ter um objetivo na prova e conseguir atingí-lo.
Abraço e melhoras,
Sergio
corredorfeliz.blogspot.com

Avicor disse...

Amigo Tutta vc foi um verdadeiro Guerreiro , na sua situação , ainda correr uma meia e manda muito bem !!valeu cara , pra vc eu tiro o chapéu ., achei muito boa a atitude do prefeito rsrsrsr !!!só assim foi aplaudido rsrsr!!

Valeu bons treino guerreiro !!

Romildo freitas

misturacult disse...

Que saga hein?

Parabéns pela prova realizada. Fazer uma meia é minha meta para ano que vem.

As fotos estão ótimas.

Bjs,

Clau
http://misturacult.blogspot.com

tutta disse...

Resposta ao Sérgio:
Obrigado.
Gosto destas provas também e estou ciente de que fui bem nela. Haja vista pelo meu estado naquele momento. hehe
E concordo contigo quando disse que nem sempre dá pra correr para quebrar recordes. Às vezes vale pela participação mesmo. E para quem é amador, já tá de bom tamanho, né? rsrs
Abraço e obrigado. Já estou quase bom. hehe


Resposta ao Avicor:
hehe
Valeu Romildo.
Eu nem ia correr, mas na hora em que vi os atletas se movimentando, não teve jeito e mesmo com dor, febre e sono, dei o meu melhor que tinha no momento e mandei ver e deu no que deu. hehehe
E em relação a atitude do prefeito, acho que se ele tivesse falado algumas palavras ele não seria tão bem aplaudido como foi em não ter falado nada. rsrsrsrs
Abraço e bons treinos pra você.


Resposta à Misturacut:
Fui bem né? Apesar das dificuldades. hehe
Valeu amiga, obrigado.
Meias maratonas são as minhas favoritas e acredito que você irá gostar deste tipo de prova.
Bjinhus e tudo de bom.



tutta/ubiratã-pr

Tiago Antunes disse...

Grande tutta!!!
Parabéns por mais essa prova... Sou teu fã realmente... tu és uma pessoa especial e espero que continues correndo firme... abraço!

tutta disse...

Resposta ao Tiago:
Valeu Tiago.
Obrigado e tudo de bom pra você.
Abraço.


tutta/ubiratã-pr

Douglas disse...

Olá Tutta, tenho acompanhado seu blog e tem sido muito inspirador para mim que estou iniciando no mundo das corridas. Parabéns por mais essa conquista.

tutta disse...

Resposta ao Douglas:
Ola Douglas, como não me deixou email para responder diretamente a você vou responder apenas por aqui, ok?
Fico contente em saber que o meu tão simples e humilde blog esteja servindo de inspiração a você que está começando agora.
Espero que eu possa sempre continuar "transmitindo" boas enérgias atravéz deste espaço aqui na internet e que você consiga alcançar todos os seus objetivos neste esporte fantástico que é o atletismo.
Abraço, obrigado e volte sempre que quiser.
Tudo de bom pra você.


tutta/ubiratã-pr
www.correndocorridas.blogspot.com

Thiago Melo disse...

Grande Tutta,
Só completar nessas condições já seria uma superação, você ainda fez um grande tempo e uma ótima prova e mostrou ser parceiro acompanhando o amigo corredor...medalha de plástico ninguém merece mesmo. Abraço,
Thiago Melo
http://corredoraprendiz.blogspot.com/

geraldo mineirinho disse...

o meu amigo ;ta tudo bem com voce; voutei viu;no dia da meia em maringa fui pra londrina circuito sesc;viu la em Coritiba nos falamos bastanti viu ;fica com DEUS ;

Rinaldo disse...

Olá Tutta,

Parabéns, mais um belo resultado! E que faixa etária estranha...

Abraços!

Claudio Rinaldo
http://numerodepeito.blogspot.com/
http://cicloviadigital.blogspot.com/

Marluce Fagotti disse...

Tutta! Parabéns pela prova, isso aconteceu comigo, mas o resultado foi um pouco diferente, fui a penúltima! KKKKK, fazer o que: quem não é Tutta caçã com gato!
Abraço e bons treinos.

tutta disse...

Resposta ao Thiago Melo:
A intensão seria pelo menos terminar mesmo. Mas, vi que dava pra fazer um pouquinho mais. Fui e fiz. rsrs
E quanto ao "acompnhando o meu amigo", ele me disse antes dá prova que eu poderia fazer a minha corrida, mas a intensão seria acompanhá-lo sim.
E em relação a medelha, ela é feita de acrílico ou coisa do tipo. Mas, em todo caso, é como um plástico, porém, bem mais duro. hehe
Abraço.


Resposta ao Geraldo:
Tá tudo bem comigo sim, e com você?
Tudo bem quanto a sua ida pra Londrina no dia da Meia de Maringá.
Nos veremos em Curitiba concerteza.
Abraço e fica com Deus você também.


Resposta ao Rinaldo:
Obrigado.
E estranhíssima categoria.
E olha que mandei email para o pessoal da organização a respeito dos itens que citei e nada de me responderem até agora.
Abraço.


Resposta à Marluce:
Obrigado amiga e me desculpa porque até ri um pouco com a expressão que você usou: "quem não tem Tutta caça com Gato" rsrsrs
Mas, valeu aí.
E o importante nem sempre é tempo ou resultado. Sempre digo isso por aqui. O que vale é a participação e o prazer que esse esporte nos proporciona.
Abraço e bons treinos pra você também.


tutta/ubiratã-pr
www.correndocorridas.blogspot.com

CANELAFINA disse...

Depois de calçar o tenis corredor que é corredor corre mesmo chovendo canivetes. Voce superou dificuldades e venceu o desafio. Parabéns e sucesso, este esporte vale a pena insistir. Eduardo

tutta disse...

Resposta ao Canelafina:
O pior é que é verdade Eduardo, depois que calça o tênis não tem mais volta. rsrs
Obrigado pela força, pelo comentário e volte sempre que quiser.

Valeu.
Abraço.


tutta/ubiratã-pr
www.correndocorridas.blogspot.com

"VENCENDO BARREIRAS" disse...

Grande Tutta! Desculpe a demora em aparecer, rsrsrs...
Mesmo com dor de dente,sono, febre e um tênisão, rsrsrsr... Vc correu super bem! Imagina de tivesse 100%, pódio na certa!
- Sobre o prefeito, calado ele é um poeta, rsrsrs... Quando ele chegou, estava com uma cara de sono, rsrsrsrs... O melhor mesmo foi ele ficar calado, rsrsrs...
- Sobre a prova, é lamentavél uma cidade como Maringá, organizar uma prova desse maneira,quer dizer (desorganizar).Eu fiquei com vergonha de ser de Maringá nessa corrida.
- 35,00 reais em um kit que é um lixo, vamos ser siceros né. Isso é preço de corrida em São Paulo, e vai ver o nível dos kit de lá!
- Categoria estendida, isso foi de doer!!!
- Sem ship, e tinham dinheiro pra isso heim!
- A medalha, uma hora dessas, só ta a plaquinha de acrílico transparente, rsrsrs...
- Como na outra Meia anterior, faltou água!!!!!! Isso mesmo faltou água de novoooOOO!!! Onde já se viu deixar faltar água em uma corrida, ainda mais meia maratona!
- A corrida quase não foi divulgada, acho até por que eles não dariam conta de mais gente!
- O trânsito não foi fechado totalmente, teve atleta que teve que esperar carros passarem, isso por que eu vi!
Enfim tomará que eles aprendam com os erros, e façam algo melhor ano que vem!
Sobre o percurso, eu acho a Meia de Maringá mais fácil que a de Toledo, se bem que tem atleta que diga o contrário. E que não conseguiram baixar os tempos em relação a meia de Toledo! Fica a dúvida!
Amigo valeu pelos créditos acima, fico lisonjeado, muito obrigado mesmo. Eu tinha que vibrar mesmo, a
graça tá toda ai, afinal a gente corre pra estar lá em cima, e quando chega, principamente Eu ,que é coisa rara, rsrsr... Só não vibrei mais por que já me deram o trófeu e mandaram sair, rsrsrs e minha amiga e parceira estava passando mal, e claro estava sem a
minha famosa "Bandeira" se não ia ter samba do Rubinho Barichello e discurso, rsrsrsr...
Em Cambé, adivinha quem foi o mais aplaudido??? Eu claro, a bandeira fez sucesso lá, rsrsrs...
Só uma correção: Na foto acima vc diz que está uniformizado?! Mas to vendo vc só tênis e boné, rsrsrs...
Brincadeira Amigo!!! Abração e boa sorte nas próximas corridas!
A gente se vê!

tutta disse...

"Resposta" ao Vencendo Barreiras:
Olá Marcos, tudo bem?
Depois respondo este seu comentário de uma forma melhor, ok?
Pois, agora já estou meio atrasado pra ir pra Curitiba na final do circuito SESC. hehe
Abraço e a gente se vê.

tutta