terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Retrospectiva 2010

.
Apesar de já ter se passado um mês do ano de 2011, somente agora é que estou postando a minha retrospectiva de 2010.
Aliás, é somente hoje que o ano de 2011 começa literalmente pra mim no quesito treinos.
Pois como vocês viram no post anterior, o mês de janeiro foi uma "negação". hehe
Mais, enfim... A vida é assim mesmo, com altos e baixos.
E para vencermos temos que estar preparados a tudo, não é mesmo?

Bom, e quanto ao ano de 2010 pra mim, foi um ano maravilhoso.
Participei de 15 provas, conquistei 18 medalhas, 10 pódios e 8 troféus.
É isso mesmo.
Das 18 medalhas, 15 foram de participações em provas, uma da equipe Baleias na São Silvestre e outros dois medalhões pelo pódio na faixa etária de duas provas no Lago Municipal em Cascavel-Pr.
Dos 10 pódios, foram 8 troféus, sendo 4 de primeiro lugar e 2 de segundo na faixa etária e outros 2 de quinto geral. E dois medalhões de segundo lugar na faixa etária.
Obtive ainda um recorde pessoal em meia maratona (1h15min04seg) nas Meia das Cataratas do Iguaçu em maio.
Fiz duas provas de 10km abaixo de 34min30seg.
Uma maratona abaixo de 3hs e ainda bati 3 recordes em um único treino.
Sendo; 10km abaixo dos 35min, 15km abaixo dos 53min e fazendo 17km em menos de 1 hora.
E claro, quase alcançando a marca de 2010kms no ano.
Portanto, 2010 foi um ano extraordinário pra mim.
Se 2011 for parecido com 2010, estarei mais do que satisfeito.

Segue abaixo o resumo mês a mês:


Janeiro

Foi um mês onde priorizei apenas rodagens sem preocupação com tempo.
Entretando não rodei muito.
Foram apenas 9 dias de treinos, totalizando 109 quilômetros e 900 metros na média de 4min25/km.
Foi também o mês em que decidi tentar correr os 2010 kms no ano.


Fevereiro

Os treinos começaram pra valer a partir do dia 1º.
Visando a meia Maratona das Cataratas do Iguaçu dia 16 de maio na cidade de Foz do Iguaçu.
Foram 20 dias de treinos, sendo 5 por semana.
Total de 160 quilômetros e 450 metros em um ritmo médio de 4min01/km.
O ritmo não foi tão melhor assim do que no mês de janeiro devido a eu estar fazendo um dia de treino forte e um dia de treino bem lento. Quase a 5min/km.


Março

Os treinos continuam e eis que surgem a primeira prova do ano que foi final do mês (dia 28).
A prova foi em Toledo e estava sendo válida pela 4ª Etapa do Circuito SESC-Pr de Caminhada e Corrida de Rua.
Me sentia bem preparado, porém, na véspera da prova comi algo que acho que foi o responsável pela minha quebra no km 5,5 quando estava em 5º geral e com chance de fazer completar a prova abaixo dos 35 minutos.
Já que havia passado pelo quinto km com 17min34.
Abandonei a disputa pelos primeiros lugares e fui me arrastando até o final.
Completei-a com 42min20 seg. O meu segundo pior tempo em provas de 10km.
No total, corri 143 quilômetros e 500 metros neste mês, numa média de 3min58/km.


Abril

Apesar da quebra da prova no final de março, não me abalei, pois sei que estava bem preparado e a quebra foi por irresponsabilidade minha.
Então segui os treinos normalmente já visando a 36ª Prova Rústica Tiradentes em Maringá no dia 21.
E lá eu fui muito bem.
Completei a prova com 35min20 na quinta colocação da faixa etária 30/34 e em 46º geral onde havia mais de 1700 competidores na prova masculina.
E no mês percorri uma distância de 180 quilômetros e 700 metros para uma média de 3min54/km.


Maio

O mês começou com uma prova logo no dia 1º.
Era a 8ª Etapa do Circuito SESC-Pr de Caminhada e Corrida de Rua.
Nesta prova até eu me surpreendi.
Sei que estava bem treinado, mais nem tanto assim.
A prova contava com muitos atletas bons, entre eles alguns amigos da cidade de Pato Branco e mesmo assim fui pra cima e concluí os 10km em 34min25seg.
Quinto geral e campeão pelo segundo ano consecultivo nessa etapa e agora já com vaga garantida para a final do Circuito lá em Curitiba em novembro.

A Meia das Cataratas se aproxima e faltando apenas 4 dias para a provas eis que faço uma façanha jamais imaginável.
Correr 17kms em menos de uma hora.
Certamente um Aprendiz de The Flash. hehe

Dia 16, chega o grande dia onde me prepararei desde o início de fevereiro para esta que seria a 4ª Meia Maratonadas Cataratas do Iguaçu.
Fiz uma prova impecável e bati o meu recorde na distância com 1h15min04.
Décimo primeiro geral.
E para coroar com chave de ouro este desempenho só faltava mesmo era o título na faixa etária, que seria o terceiro.
Mas, infelizmente isso não aconteceu.
Apesar de eu ter sido o primeiro atleta amador a completar a prova fui surpreendido com a 4ª colocação na faixa etária de 30 a 34 anos.
Os três primeiros eram atletas de elite.
Fiquei um pouco frustrado com o regulamento que previa atletas de elite concorrer as faixas etárias, mais por outro lado estava satisfeito por ter feito o meu melhor.
E que inclusive fui digno de reportagem no site da Meia Maratona.
Pra fechar o resumo de maio digo que neste mês corri 153 quilômetros e 597 metros e obtive uma média de 3min55seg/km.


Junho

Neste mês corri apenas 113 quilômetros e 800 metros, porém, em ritmo mais intenso.
Terminei com a média de 3min52/km.
Corri uma outra prova de 10km em um ritmo extraordinário.
Foi a 10ª Etapa do Circuito SESC-Pr de Caminhada e Corrida de Rua em Marechal Cândido Rondon dia 13.
Neste dia nem tava com planos de correr, pois a três dias da corrida peguei uma virose que me deixou bastante debilidato. Porém, na noite que anteceu a prova a minha mãe fez um "cházinho milagroso" que me deixou inteirásso no dia da prova e mesmo com várias subidas no percurso obtive a terceira colocação geral e mais uma vez campeão na faixa etária com o tempo de 34min24seg. Um segundo mais rápido do que a prova de Cascavel em maio e lá o percurso era bastante plano.


Julho

Metade do ano já havia se passado e o meus planos de correr os 2010kms estavam cada mais mais difícies, pois até o início deste mês eu não havia corrido pouco mais de 850 quilômetros.
Este mês também marcou o ínicio dos treinos (que duraria 9 semanas) visando a participação na Maratona Internacional de Foz do Iguaçu em setembro.
Fiz também duas provas neste mês.
As duas foram no mesmo dia, cidade e local.
A primeira foi a uma prova de 4km (4ª Volta ao Lago de Cascavel – 4k) que na realidade dava 4,3km.
A segunda foi de 8km (4ª Volta ao Lago de Cascavel – 8k) e que dava 8,5km.
Em ambas as provas eu fui o 5º colocado geral e 2º na faixa etária, recebendo premiação dupla, ou seja, troféu pela classificação geral e medalhão pela classificação na faixa etária.
E contando com as medalhas de participações das duas provas, eu saí de Cascavel com seis prêmios. hehe
Os tempos de conclusão das provas foram 14min47 e 30min08 respectivamente.
No mês de julho foram percorridos por mim 133 quilômetros e 300 metros em uma média de 3min52seg/km.


Agosto

Foi um mês só de treinos preparatórios para a maratona e onde tive que fazer alguns exames para poder participar da prova em Foz do Iguaçu.
Percorri neste mês 229 quilômetros e a média ficou em 4min07seg/km.


Setembro

A duas semanas antes da maratona corri uma prova de 10k válida pela 15ª Etapa do Circuito SESC-Pr de Caminhada e Corrida de Rua em Maringá.
O tempo (37min03) não foi tão bom quanto o de outras provas da mesma distância na primeira metade do ano. Entretanto, a colocação foi ótima.
Segundo lugar na faixa etária.
E um detalhe: devido a grande confusão na entrega dos kits quase não deu tempo de ir para a largada e daí resolvi sair entre os últimos do pelotão.
Se estivesse saído mais à frente como sempre faço, concerteza teria vencido mais uma etapa do circuito. hehe

A cinco dias da maratona consigo o atestado e a liberação para correr a prova.

E chega o dia da 4ª Maratona Internacional de Foz do Iguaçu.
Foi uma boa preparação para a prova e agora bastava por em prática todos os treinamentos e ver no que ia dar.
Mantive um bom ritmo até por volta do km 25. Nos treinos eu também ia extremamente bem até esta quilometragem. Depois, sempre dava uma queda de ritmo e na maratona não foi diferente.
Caí de produção, mais mantive-me firme. Pelo menos até o km 33 quando tudo parecia ser mais difício continuar.
E foi.
Nem mesmo um gel que me foi entregue pelo amigo Emerson de Maringá me deu forças para seguir. Mas a busca de uma sub 3 horas era o que me deixava vivo e me mantinha persisitente na prova.
E enfim, cruzo a linha de chegada com o objetivo realizado: 2hs58min36seg. Meu terceiro melhor tempo dentre as minhas quatro maratonas e segundo melhor tempo em três participações na maratona de Foz. Além de ter conseguido o índice dentre os melhores maratonistas da faixa etária e ter o direito de receber o diploma dado pela Revista Contra Relógio juntamente com a edição de janeiro de 2011.
Nesta prova tive o prazer de conheci alguns amigos que até então eram apenas amigos virtuais da equipe Baleias (Miguel, Ênio e Wu, além de outros integrantes da equipe) e o amigo de Foz do Iguaçu, Danilo.
Neste mês corri 222 quilômetros e 195 metros, mantendo um ritmo médio de 4min01seg/km.


Outubro

Mal o mês começa e ainda não muito recuperado da maratona seguí rumo a mais três provas.
A primeira foi uma prova de 15km na cidade de Cascavel já no dia 9 (Corrida Rústica EcoCascavel) onde corri muitíssimo bem.
Superando até as minhas próprias expectativas, pois pretendia fazer a prova em torno de uns 60 minutos, mas acabei concluindo-a em 56min12. Ocupando a sexta colocação geral e faturando mais um troféu de primeiro lugar na faixa etária.

Na semana seguinte (dia 17) encarei mais um desafio.
Esta foi a 18ª Etapa do Circuito SESC-Pr de Caminhada e Corrida de Rua que foi realizada em Campo Mourão.
Como objetivo para esta prova tracei seguir o amigo Gainete que sempre corre muito bem. Porém, não saberia se isso daria certo porque eu ainda não havia voltado a treinar regularmente devido as provas anteriores, inclusive a maratona.
E deu certo.
Cheguei à apenas oito segundos atrás dele, marcando o tempo de 35min28seg e ficando em quinto na classificação geral e acreditando ser o primeiro na faixa etária.
Mas, não fui.
Fiquei em segundo lugar e atrás do Aderbal, amigo da cidade de Maringá.

Já na semana seguinte (24) outra prova.
Desta vez uma meia maratona (9ª Meia Maratona Rotary - Unimed) em Toledo.
Foi uma prova mais que perfeita e desta vez cheguei à frente do Gainete, porém, ele estava com dores na perna.
Mas foi uma prova onde me superei em todos os sentidos.
Correndo praticamente todos os finais de semana após a maratona de Foz e sempre com bons resultados e me sentindo zerado após cada prova.
Concluí os 21.097 metros em 1h16min03seg e faturei o primeiro lugar na faixa etária com direito a 200 pratas (reais) de premiação. hehe
E assim fechei o mês com três provas e três troféus, sendo dois de primeiro lugar e um de segundo e com uma rodagem de 164 quilômetros e 147 metros que ficou na média de 3min54seg/km.


Novembro

Depois de quase desistir de alcansar a meta dos 2010kms, no início deste mês fiz uma recontagem da quilometragem e vi que ainda seria possível. Entretanto eu teria que correr e suar muito a camisa ainda.
Mas isso não me importava e segui em busca dos 2010kms.

E mesmo com a cara toda inchada devido a uma inflamação na gengiva devido a dores de dente e uma febre tremenda encarei uma outra meia maratona que foi a 3ª Meia Maratona de Maringá, logo no dia 7.
Apesar de ter ido pra não correr não me contive ao ver os atletas se aquecendo e fui pra largada apenas pra completar e assim acumular quilometragem para alcansar a minha marca do ano.
Só que ao começar correr a dor e a febre parece que sumiram e completei sem grandes sacrifício com o tempo de 1h19min59 pelo tempo do meu cronômetro (1h20min03 seg pelo tempo bruto no site da prova). Mas, se eu estive bem, com toda certeza teria batido o meu recorde na distância, pois o percurso é quase todo plano.
E apesar da categoria ser estendida (de 18 a 34 anos) acabei na quarta colocação.

Na última semana do mês embarquei para Curitiba com a delegação de atletas da cidade de Cascavel onde iríamos participar da 20ª e última Etapa do Circuito SESC-Pr de Caminhada e Corrida de Rua que é realizada na capital do estado, Curitiba.
Fomos com todas as despesas pagas pelo SESC-Pr.
Apesar de achar que eu não fiz uma boa prova, o tempo melhorou em relação ao ano anterior (37min43seg em 2009 contra 36min20seg em 2010). Bem como a colocação na classificação geral (47º contra 35º).
E a exemplo de 2009 acabei voltando pra casa sem troféu, porém, na mesma colocação na faixa etária, 5º lugar.
E fechei o mês com mais 158 quilômetros e 347 metros mantendo a média de 3min58seg/km.


Dezembro

Mês onde priorizei mais as rodagens para alcansar a marca de 2010kms.
Porém, há uma semana do término do mês peguei uma gripe forte que me impediu de fazer os últimos três treinos que totalizariam 25kms e fui pra São Paulo onde iria correr a São Silvestre faltando apenas 40kms. Ou seja, não seria possível atingir a marca tão desejada.
Mas, apesar disso não me decepcionei, pois como citei no início deste post, 2010 foi um ano maravilhoso pra mim.
E no dia 31 pude finalizar o ano com uma corridinha básica pelas ruas paulista na maior e mais tradicional prova de rua do pedestrianismo brasileiro, a 86ª Corrida Internacional de São Silvestre.
Como ainda não havia me recuperado totalmente do gripe , corri a prova apenas para completar. E com 1h07min32seg (pelo tempo líquido) fechei o meu ano de corridas.
Tive muitas alegrias ao longo destes 365 dias de 2010 e espero em 2011 ter mais alegrias ainda.
Na prova em São Paulo pude reencontrar grandes amigos blogueiros e isso foi uma satisfação enorme. Mais detalhes sobre esta e todas as outras provas do ano basta acessarem os links correspondentes ao resumo de cada mês neste post.
Fechei o mês com 216 quilômetros e 164 metros mantendo a média de 4min02seg/km.

No ano eu percorri em treinos e em provas um total de 1985 quilômetros e 100 metros num total de 132 horas, 30 minutos e 32 segundos que deu uma média de 4min01seg/km.
Desta quilometragem toda, só em provas foram 218 quilômetros e 286 metros em 13 horas, 53 minutos e 40 segundos. Mantendo uma média de 3min49seg/km.
Já em treinos foram 1766 quilômetros e 814 metros em 119 horas, 9 minutos e 52 segundo. Mantendo a média de 4min02seg/km.
Mas, se eu fosse contar com os quilômetros antes (aquecimento) e depois (desaquecimento) do treino, com certeza eu teria ultrapassado os 2.500 quilômetros.
Mais isso são outros quinhentos. hehe

Quanto ao dinheiro gasto com a participação nestas 15 provas foram 1.525 reais e 10 centavos.
Já o ganho, foi de apenas 200 reais.
Ou seja, terminei o ano com um défit de 1325 reais e 10 centavos.
Isso sem contar com exames, roupas e calçados pra corrida.
Mas, como eu disse a pouco, isso são outros quinhentos.
E põe quinhentos nisso. rsrsrs



Considerações Finais

Para 2011 não tenho planos de correr 2011 quilômetros não.
Pretendo correr menos, entretanto mais rápido.
Algo em torno de 3 a no máximo 5 dias por semana em ritmos mais intensos pra ver no que vai dar. rsrs

No mais é isso aí galera.

Um forte abraço a todos e tenham um ano repleto de grandes conquistas não só no mundo dos esportes, mas também na vida pessoal e profissional.

Fiquem todos com Deus e até breve, se Ele assim nos permitir.



tutta/ubiratã-pr
www.correndocorridas.blogspot.com

6 comentários:

RODRIGO AUGUSTO disse...

E aí Tutta, blz. Bom ano o seu, mtos trofeus, legal. Esse ano eu pretendo começar a pegar algum trofeu ou mesmo medalhões. Acho que já disputarei na minha faixa. Valeu , bons treinos e ótimas provas em 2011. Abraços corridaderuams.blogspot.com

tutta disse...

Resposta ao Rodrigo Augusto:
Tudo beleza comigo Rodrigo, obrigado.
E você como está?
O meu de 2010 foi muito bom graças a Deus, espero que em 2011 eu faça pelo menos a metade que que já tá de bom tamanho. hehe
E estarei na torcida para que você consiga alcansar vários pódios este ano.
Valeu.
Abraço.


tutta/ubiratã-pr
www.correndocorridas.blogspot.com

Carlos Lopes disse...

Um ano muito bom, meu amigo.. que 2011 seja igual ou melhor

tutta disse...

Resposta ao Carlos Lopes:
Obrigado amigo.
Espero que 2011 seja yão bom quanto 2010 sim.
Abraço.


tutta/ubiratã-pr
www.correndocorridas.blogspot.com

Jack disse...

Tuta... pelo visto 2010 foi um ano realmente maravilhoso, hein? Foram muitas vitórias e que 2011 elas continuem ainda melhor. Que você consiga alcançar seus objetivos e seguir correndo!!!!
Um ótimo 2011 para você e que venham mais treinos, corridas, etc.
abs

tutta disse...

Resposta à Jack:
É isso mesmo Jack.
2010 foi um ano marvilhoso pra mim.
Espero que Deus possa me abençoar com um 2011 parecido. hehe
Valeu amiga.
Muito obrigado e um ótimo 2011 pra você também.


tutta/ubiratã-pr
www.correndocorridas.blogspot.com