domingo, 31 de maio de 2009

Maratona Internacional de São Paulo

Foi realizada hoje pela manhã a 15ª Edição da Maratona Internacional de São Paulo.
A prova reuniu 15.000 inscritos divididos nas provas de 10km, 25km (prova inédita) e na Maratona: 42.195 metros.

Ponte Estaiada, logo após dada a largada.


Pelo segundo ano consecutivo a prova teve largada na Avenida Jornalista Roberto Marinho, próximo a Ponte Estaiada, novo cartão postal da cidade de São Paulo e bem próxima a sede da Rede Globo de Televisão. E chegada já no tradicional e conhecidíssimo Parque do Ibirapuera, próximo ao Monumento do Obelisco.
Além de ser transmitida pela Globo, outros 115 países poderam assistir a prova que tinha uma expectativa de ser forte, e realmente foi.
O queniano Elias Kemboi Chelimo, foi soberano e permaneceu na ponta durante todo o percurso.
Nem mesmo o vendo contra, já quase no final da prova o impediu de marcar 2h13min59seg e vencer a prova, além de igualar o número de vitórias entre brasileiros e quenianos em 7x7.

O queniano Elias terminando a prova.



O brasileiro Frank Caldeira foi o segundo colocado com o tempo de 2h17min23seg.
Seguido de outros dois brasileiros, José do Nascimento Souza e Giomar Pereira da Silva, terceiro e quarto colocados respectivamente e o etíope Tola Ketema Nigusse completaram o pódio masculino.

Já no feminino, Marizete Moreira dos Santos ultrapassou a atleta etíope que liderava até então, por volta da metade da prova, e se manteve na primeira colocação até cruzar a linha de chegada ao lado do segundo colocado no masculino, Frank Caldeira.



Frank e Marizete, após cruzar a linha de chegada. Ambos agradecendo ajoelhados pelos resultados obtidos. Ela em 1º no feminino, ele em 2º no masculino.


Marizete disse que teve alguma dificuldade, pois a partir do km 36 aproximadamente ela começou a sentir ciãmbra nas duas panturrilhas, além de muita dificuldade na respiração.
Mas após cruzar a linha de chegada com o tempo de 2h42min24seg, ela agradeceu a Deus pela meta alcançada este ano.
Outras três atletas brasileiras chegaram na seqüência:
Marizete de Paula Rezende, Marily dos Santos e Edielza Alves dos Santos, segunda, terceira e quarta colocadas respectivamente, e fechando o pódio feminino a atleta etíope Tolla Aberash Tesfaye na quinta colocação.


Segue abaixo os três primeiros colocados nas outras duas provas realizadas em anexo com a maratona.


Classificação dos 25 km

Masculino:
1º - Marildo José Barduco (BRA) – 1h25m45s
2º - Ivair Neves Lima (BRA) – 1h27m43s
3º - José Ramos Antunes Rodrigues (BRA) – 1h33m51s

Feminino:
1ª - Edinalva da Silva Nunes (BRA) – 1h54m33s
2ª - Patrícia Aparecida dos Santos (BRA) – 1h59m43s
3ª - Ana Carolina Hohmann (BRA) – 2h02m14s


Classificação dos 10 km

Masculino:
1º - Renilson Vitorino da Silva (BRA) – 32m56s
2º - Samuel Ribeiro (BRA) – 34m20s
3º - Sebastião Torres de Oliveira (BRA) – 35m45s

Feminino:
1ª - Andreia Keilla Galvão Lemes (BRA) – 47m06s
2ª - Angelita Maria de Freitas (BRA) – 48m01s
3ª - Maria das Graças Silva Moreira (BRA) – 48m46s



Nota:
Como eu estava inscrito e não fui correr, o jeito foi apenas assistir pela TV, mas confesso que não é nada muito agradável não.hehe
A vontade de estar lá no meio daquela multidão é enorme.
Mas fazer o que né?
O problema maior da minha não ida para a prova foi uma gripe forte que me atacou no final da semana passada, pois eu estava treinando, não o suficiente para fazer uma boa participação, mas estava treinando. E por conta desta gripe resolvi me poupar do "sofrimento" que por ventura poderia vir durante o percurso.
Mas ontem num treininho básico na grama estava com uma sensação muito boa, acho até que se eu tivesse ido eu poderia completar o percurso de 42.195 metros em torno de 3 horas a 3 horas e 15 aproximadamente.
E nesta noite até sonhei correndo a prova. Mas sobre o sonho: "Prefiro não comentar".rsrs..senão vou me estender em muito este post.hehe
Mas haverá outras provas em outras oportunidades.
O importante agora é não me abalar por esta não participação e treinar.



É isso aí amigos.
Tenham todos uma ótima noite e um maravilhoso início de mês.
Ah, e por falar em início de mês, eu vou começar e muito bem este mês de junho.
Farei aniversário logo no primeiro dia.hehe
Valeu.
Abraço a todos.


...tutta...
ubiratã-pr.
www.correndocorridas.blogspot.com

sábado, 30 de maio de 2009

Dia do Desafio - Ubiratã Campeã




Pra quem ainda não sabe, o Dia do Desafio é realizado todos os anos sempre na última quarta-feira do mês de maio desde 1983 quando surgiu no México.

Devido ao sedentarismo da população, o objetivo era despertar nas pessoas o interesse pela prática do esporte e melhorar a qualidade de vida.

No Paraná esta ação acontece desde 1997, a cidade de Ubiratã já participou de cinco edições. Sendo vencedora em quatro delas, inclusive nesta edição de 2009 que foi realizada dia 27/05.

Este Dia do Desafio além de estimular uma melhor qualidade de vida, também é uma competição internacional, onde cidades do mesmo porte (em número de habitantes) tentam envolver nas atividades físicas a maior porcentagem de pessoas possível em relação ao número de habitantes de suas cidades.


Contando com a colaboração das escolas, empresas, funcionários públicos, profissionais de educação física e de toda a comunidade ubiratanense, o município de Ubiratã teve um percentual de 79,34% da população (dados repassados para a Secretária Municipal de Esportes e Lazer de Ubiratã atravéz do SESC-Pr e publicado no Jornal O Vale do Piquiri deste sábado 30/05/09). Portanto, dos 21.214 habitantes, 16.831 pessoas dedicaram pelo menos 15 minutos do seu dia na realização de alguma atividade física nesta última quarta-feira.

Contra apenas 31,09% da população da cidade de Encrucijada em Cuba.

Portanto, se sagrando tetra campeã do Dia do Desafio.

Título simbólico, acredito eu, pois quem realmente ganha com isso são exatamente as pessoas por saírem um pouco do sedentarismo e fazer algo de bom para o seu corpo e conseqüentemente para sua saúde.


Ubiratã também foi destaque no estado do Paraná por iniciar a programação às 00H00 do dia 27/05, e também teve um diferencial que ficará marcado na história do município: que foram as 21 horas de atividades ininterruptas, 1260 minutos.


Parabéns Ubiratã!!!




Nota:

1 - Eu fiz parte desta vitória.

Dediquei 20 minutinhos do meu tempo praticando minha corrida.

E com um detalhe, como era o Dia do Desafio, me desafiei e saí as zero hora em ponto e logo depois já estava lá no Ginásio de Esportes vendo e apoiando as primeiras atividades do município para aquele looooooooooooooongo dia.


2 - A foto acima é tirada do jornal o Folha Regional.

Foi a primeira equipe (vereadores e secretários municipais) a fazerem suas atividades no Ginásio Municipal de Esportes Tomaz Isidro de Lima, a meia-noite de quarta-feira dia 27 de maio de 2009.

Assim que eu conseguir uma foto colorida eu troco essa.




...tutta...
ubiratã-pr.

http://www.correndocorridas.blogspot.com/

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Top Blog


O Correndo Corridas recebeu por email esta semana, uma indicação para o Prêmio Top Blog, mas eu não pretendo participar.
O motivo é bem simples.
O meu Blog não possui, na minha opinão, as características necessária para receber um prêmio desta grandesa.
No item 1 do relulamento para o Prêmio Top Blog diz que o prêmio será destinado a reconhecer e premiar, mediante votação popular e acadêmica, os Blogs Brasileiros mais populares, que possuam a maior parte de seu conteúdo focado para o público brasileiro, com melhor apresentação técnica específica a cada grupo e categoria.

Como o meu blog é bem simplesinho, prefiro ficar de fora, mas agradeço imensamente há pessoa que me indicou, não sei quem é, pois lá no email não tem o nome, mas fica aqui os meus mais sinceros agradecimentos.

E somente para completar o post quero dizer que há blogs muito mais completos que o meu no quesito "TUDO" sobre o atletismo em toda a rede e por isso deixo o prêmio para quem realmente mereça.
Não estou desfazendo do prêmio não, pelo contrário, quero que o vencedor seja realmente um blog de primeira qualidade.
O meu blog eu considero razoável por suas poucas informações para o público em geral.
Foi feito mais por conta de relatar um pouco da minha trajetória como atleta amador.


---> tutta <---
ubiratã-pr.
www.correndocorridas.blogspot.com

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Dia do Desafio 2009

CURIOSIDADE





O Dia do Desafio começou em 1983 no Canadá, em época de frio intenso e fortes nevascas.
Devido as condições climáticas e o sedentarismo da população, eram registrados muitos casos de doenças, foi então que resolveram criar o evento.
O objetivo era despertar nas pessoas o interesse pela prática de esporte e melhorar a qualidade de vida.
A ação é realizada sempre na última quarta-feira do mês de maio para mostrar que é necessário fazer exercícios físicos durante a semana, combinando com os afazeres diários.
No Paraná, a ação é realizada desde 1997.
O Município de Ubiratã participou de quatro edições e perdeu somente em 2003.

Este ano (2009) a Secretária Municipal de Esporte e Lazer programou uma ação esportiva que será a mais longa da história da cidade.
A programação começou às 00h00 e vai até às 21h00 deste dia 27 de maio.
Os detalhes foram debatidos na quinta-feira (21/05) com representantes das escolas municipais, estaduais e do distrito de Yolanda, além dos coordenadores do Centro de Educação, Asssociação Comercial e Empresarial de Ubiratã (ACEU) e Projetos Sociais do município.
As modalidades principais deste evento aqui em Ubiratã serão, futsal, basquete, handebol, vôlei de aréia, queima, além de sessões de alongamentos e dança, entre outros.

Eu já fiz a minha parte.
Não nestas modalidade citadas acima, mas na minha modalidade favorita: o ATLETISMO.
Corri o suficiente para registrar o meu nome pela primeira vez no Dia do Desafio.

Você deve estar se perguntando:
- Pow, o Tutta disse que já fez a parte dele, se for assim ele já correu, mas ainda são uma e pouco da manhã, como pode?
É, pra vocês verem meus amigos, madruguei hoje, hehehe, ou, quer dizer...nem dormir e fui na hora zero fazer minhja corridinha.
Ou seja, saí a meia noite em ponto de casa
(pode ser loucura isso que fiz, mas quem é que neste mundo vive sem ser um louco de vez enquando) e dei uma volta no centro da cidade e fui lá no ginásio de esportes registrar meu nome e ver algumas “celebridades” do município disputando queima, futsal e basquete e voltei pra casa.hehehe


E só lembrando, que neste Dia do Desafio cada pessoa deve se exercitar durante pelo menos 15 minutos ou mais se quizer, e após isso registrar sua participação atravéz de uma ligação gratuita para o número 0800-643-6690 (pelo menos este número é válido para Ubiratã e região, não sei se em todos os lugares do Brasil é o mesmo).

Vale lembrar ainda que no evento de hoje, o que vale não é a competição, mas sim, incentivar a prática de exercícios físicos constantemente.

Ah, e mais um detalhe antes de terminar o post.
Em 2007, Ubiratã foi destaque estadual por formar uma frase com pessoas no gramado do Estadual Municipal Claudinão, isso logo pela manhã, com temperatura em torno dos 10 graus ou menos. (Veja foto abaixo.)
Talvéz não tenha ficado muito nítida a foto, pois foi tirada com celular, mas nela está escrito: UBIRATÃ (com pessoas adultas)
Lugar de Gente Feliz (com crianças).
.

.

.

Notas:

1 – A minha participação neste Dia do Desafio de 2009, foi uma corrida leve, não sei ao certo qual foi a distância, mas durou 20 minutos 10 segundos e 63 centéssimos.
Pode ser pouco, mas pra quem não queria mais correr, tá de bom tamanho.
E o meu “desafio” continua.
Pois hoje é o marco de um novo começo no atletismo pra mim.
Depois de ficar vários dias sem correr e não querendo mais voltar. Voltei hoje, e pra FICAR.
Daqui pra frente vou correr sempre e vou adotar este lema: “DEVAGAR E SEMPRE”.
O que valerá pra mim de agora em diante é correr e simplesmente correr, sem preocupações com tempo, resultado ou outra coisa qualquer.
Vou correr pelo prazer, como eu sempre fiz.
E como diz a frase do meu blog: A CORRIDA NÃO É SEMPRE PARA O MAIS RÁPIDO... MAS PARA AQUELE QUE CONTINUA CORRENDO... Então conitnuarei por muuuuuuuitos kms ainda...


2
– Só lembrando mais uma coisinha.
No domingo próximo (31/05) acontecerá em São Paulo a Maratona, na qual eu já estava inscrito desde o dia 10 de abril.
Mas devido a umas dores no joelho que me impediu de correr por 3 semanas depois da corrida Tiradentes em Maringá (21/04) e depois o desanimo todo da volta aos treinos, estou cancelando minha participação na prova, justamente por falta de treino.
Pois, correr 42.195 metros praticamente sem treino acho que pode ser pior e as chances de não terminar, ou de terminar mal, pode afetar em muito na minha decisão de continuar correndo ou não. Haverá outras oportunidades pela frente.


Bom amigos, é isso.
Abraços a todos.

---> tutta <---

ubiratã-pr.

http://www.correndocorridas.blogspot.com/

domingo, 24 de maio de 2009

Dicas para uma boa corrida.

Correr é um esporte vicioso, pois traz um enorme bem estar e muitos benefícios.
Segue abaixo tudo o que você precisa saber sobre corridas e dicas muito importantes para que você possa praticar este esporte de forma saudável e sem preocupações.




1 - Faça uma avaliação física antes de iniciar um programa de corrida.
2 - Não esqueça dos alongamentos antes e depois de correr, além de fazer um trabalho específico de flexibilidade 2 vezes por semana.
3 - Use um tênis adequado ao esporte e ao seu tipo de pisada.
4 - Controle a alimentação. Ingira alimentos com baixo valor calórico, evitando açúcar e gorduras.
5 - Tenha sempre o acompanhamento de bons profissionais.
6 - Experimente correr com grupos de treinamento de corrida. O estímulo, sem dúvida, é muito maior.
7 - Corra com regularidade e torne o esporte um hábito em sua vida.
8 - Melhore suas marcas. Aumente o seu limiar aeróbio.

9 - Aumente a força muscular. O treinamento de resistência potencializa cada músculo exigido na corrida. Treine musculação pelo menos 3 vezes por semana.

10 - Não tenha pressa para aumentar distâncias ou a velocidade de corrida.

11 - Faça incrementos de carga suaves e gradativos.

12 - Sempre que possível corra de manhã, pois se você deixar para correr no final do dia, poderá estar atrapalhado com seus afazeres ou muito cansado das atividades que fez.

13 - Corra de preferência na mesma hora, acostumando o organismo à atividade. Assim, quando você não correr, sentirá falta.

14 - Não corra todos os dias da semana. Alterne a corrida (de 3 a 4 vezes por semana) com outra atividade aeróbia, como natação, bicicleta, step, spinning.

15 – Controle a freqüência cardíaca (entre 60% e 75% da freqüência cardíaca máxima, para iniciantes).

16 - Tem dia em que você acorda desanimado, mas não deixe que isto faça você desistir de treinar. Insista!

17 - Se concentre nos treinos.

18 - Siga um programa com treinos progressivos.

19 - Reavalie o treino periodicamente (a cada 2 meses).

20 - Muitos corredores acham que o maior número de lesões ocorre durante um treinamento de velocidade, mas as lesões ocorrem por: excesso de volume (muitos quilômetros), ter antecedentes de lesões e falta de descanso.

21 - Não coloque plástico na barriga para perder gordura mais rapidamente, pois o que você irá perder será água, podendo ter uma desidratação.

22 - Alterne corridas na esteira e na rua. Na esteira não há a resistência ao vento, ocorrendo um esforço menor do que correr ao ar livre. Na rua, além da força do vento, você tem que fazer toda a força para executar a corrida sem impulso da esteira, ficando um pouco mais difícil. Mas, cuidado com o trânsito. Corra na conta-mão para visualizar os carros e cuidado com os buracos e desníveis do chão.

23 - Você já teve aquela dor no abdome enquanto corre? Esta dor é normal, principalmente para iniciantes. Isto se chama flato e ocorre porque o diafragma não está costumado com as subidas e descidas que as contínuas passadas da corrida provocam. À medida que o seu condicionamento melhora isto desaparece. Evite mudanças bruscas de velocidade no começo. Isto também produz o flato.

24 - Se você é iniciante, não estabeleça distâncias para percorrer. Ouça o seu corpo. No começo o melhor é construir uma boa base de resistência, correndo por um determinado tempo pré-determinado, sem se importar tanto com a distância. Quando já estiver com um bom condicionamento, aí sim, você poderá traçar (junto ao seu técnico) um objetivo como completar 10 km em 1 hora.

25 - As dores provocadas pelo ácido lático são causadas por microtraumatismos nos músculos e tendões. O melhor modo de evitar este mal é não fazer mudanças bruscas nos treinos que não ofereçam tempo suficiente para o seu corpo se adaptar.

26 - O desempenho feminino é pior na fase da menstruação e uma semana depois da ovulação, pois a progesterona, um hormônio chave, alcança nestes períodos, seu nível máximo.

27 - Todos os treinos devem ser iniciados com trotes leves e estes devem se repetir no final do treino (para que a sua freqüência cardíaca e respiração voltem ao normal).

28 - A constância nos treinos é a chave da melhora de resultados.

29 - Faça um trabalho de fortalecimento dos tornozelos, panturrilhas e músculos que reforçam os joelhos.

30 - Alterne a intensidade das corridas, incluindo rampas, ladeiras e aumentando a velocidade de acordo com o programa que o seu técnico irá montar.

31 - Se algum sinal de trânsito interromper a sua corrida, fique saltando no mesmo lugar para não diminuir muito a freqüência cardíaca.




---> tutta <---
ubiratã-pr.
www.correndocorridas.blogspot.com


domingo, 17 de maio de 2009

Corrida Nº 13 - XIII Jogos Abertos do Município de Ubiratã (JAMU'S) 08nov2004

Data: Segunda-feira, 08 de novembro de 2004
Cidade: Ubiratã-Paraná
Nome da Prova: XIII Jogos Abertos do Município de Ubiratã (JAMU’s)
Distância: 800 metros rasos
Tempo: 02min10seg
Número de Atletas: 3 corredores
Colocação: 1º lugar
Equipe: Jardim Panorama

.
.
RETROSPECTIVA 2004
.
A exemplo da prova relatada no post anterior eu não tenho muito o que dizer sobre esta corrida que foi válida pelos Jogos Abertos Municipais aqui de Ubiratã no ano de 2004.
Lembro apenas que houve somente três competidores e que eu saí em um ritmo bom e fui abrindo do segundo colocado que era o professor Sebastião, mas sempre com um pé atrás, pois sabia que ele corria muito bem e que podia me dar o "bote" a qualquer momento. Mas, ao abrir a segunda volta eu percebi que estava com uma boa vantagem em relação a ele e acabei só 'administrando' a volta final e me sagrei o vencedor com o tempo de 2min10seg.
O Professor Sebastião chegou em segundo lugar com o tempo de 2min18seg e o Issac, companheiro de equipe do professor, foi o terceiro com 2min29seg.

Segue abaixo apenas uma foto da simples medalha que recebi e que já está até um pouco enferrujada. hehe




Minha 7ª Medalha.

...tutta...
ubiratã-pr.

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Corrida Nº 12 - XIII Jogos Abertos do Município de Ubiratã (JAMU'S) 08nov2004

Data: Segunda-feira, 08 de novembro de 2004
Cidade: Ubiratã-Paraná
Nome da Prova: XIII Jogos Abertos do Município de Ubiratã (JAMU’s)
Distância: 400 metros rasos
Tempo: 01min01seg
Número de Atletas: 5 corredores
Colocação: 3º lugar
Equipe: Jardim Panorama
.
.
RETROSPECTIVA 2004

Olá amigos,
Sobre esta prova não tenho muito o que contar a vocês, por que já faz algum tempo que participei e não me recordo muito do que aconteceu no dia.
Sei apenas que este ano (2004) nos Jogos Abertos do Município de Ubiratã, ou Jogos Abertos Municipais, ou simplesmente JAMU’s, teve um número muito pequeno de atletas na modalidade de atletismo.
Nesta prova dos 400 metros rasos por exemplo, houve apenas cinco participantes, no qual eu obtive a 3ª colocação.
Sendo que o primeiro lugar ficou com o Gil com 00min58seg, e o segundo lugar o Professor Sebastião com 00min59seg (não me recordo a equipe pela qual eles defenderam).Na ocasião eu defendia a equipe do Jardim Panorama.

E só relembrando, os Jogos Municipais aqui em Ubiratã só podem ser disputados por atletas de Ubiratã. As empresas e/ou bairros montam equipes para que os atletas possam representá-los.
Havia premiações em troféus para as três primeiras equipes (as que conseguissem o maior número de pontos por modalidades, obviamente), e medalhas para os três primeiros atletas em cada modalidade. Além de uma premiação extra para a equipe que somasse o maior número de pontos em todas as modalidades disputadas.

Obs: Não foi tirada fotos na prova.

Segue abaixo apenas a foto da medalha.
Muito simplesinha por sinal.
.

Minha 6ª Medalha.

Sobre esta prova é isso aí pessoal.
Abraços e ótimos kms a todos.



Nota:
A partir de hoje (13/05/2009) estarei novamente sem treinador.
No dia 1º de maio, escrevi um post dizendo que eu iria dar um tempo para as corridas, pois não estava muito motivado como antes e por causa da dor no joelho direito estar voltando.
Falei algo a respeito, até então do meu treinador, que ele não gostou e acabou por dizer que não iria me treinar mais dali por diante.
Estive na casa dele horas atráz e falamos meio abertamente, acho que posso dizer assim, sobre o que eu havia escrito lá.
Não comentamos nada de voltarmos a
“trabalhar” juntos novamente.
Mas senti uma enorme tristeza por parte dele.
Acho que é pelo fato de ele acreditar muito no meu potencial, como ele sempre me dizia.
Mas eu nunca acreditei nisso de fato.
Pois sou bastante indisciplinado nos treinos.
Gosto de correr simplesmente pelo fato de correr.
Enquanto ele
(acredito eu) queria mais garra e determinação minha pra ir em busca de resultados melhores.
Mas, enfim...
Acredito que será melhor assim, pelo menos pra mim, pois na realidade, não estou muito animado mais para as corridas não.
Acho que perdi um pouco o prazer que ela me proporcionava.
Pretendo continuar correndo sim.
Mas sem grandes pretensões, pelo menos até o dia em que eu voltar a sentir o verdadeiro prazer novamente.
Daí sim
“apertarei” um pouco mais o passo.
Enquanto isso não acontecer, vou dando umas corridinhas básicas aqui, outra ali.
E por aí vou...

...tutta...
ubiratã-pr.
www.correndocorridas.blogspot.com

sábado, 9 de maio de 2009

Feliz Dia Das Mães

Como estarei ausente amanhã, dia 10 de maio de 2009, DIA DAS MÃES, quero deixar aqui antecipadamente os meus mais sinceros votos de congratulações e parabéns a todas as mamães que por ventura vieram a ler este post.
Deixo a seguinte mensagem a vocês:


"TEM MUITA GENTE QUE PENSA QUE SER MÃE É:
PADECER NO 'PARAÍSO',
ACORDAR DE MADRUGADA,
MANDAR OS FILHOS PRA ESCOLA,
FAZER OS SERVISOS DE CASA E PRONTO.
MAS SER MÃE É MUITO MAIS QUE ISSO.
É PRECISO TER PACIÊNCIA, GARRA E DETERMINAÇÃO.
É PRECISO TAMBÉM, TER MUITA CRIATIVIDADE PARA FAZER O QUE SÓ UMA MÃE SABE, PARA DAR O MELHOR PARA OS SEUS FILHOS".

PARABÉNS MAMÃES!!!


Segue abaixo um vídeo que fiz em homenagem as mães no ano passado.
É simplisinho, mas legal. Espero que gostem.


video



...tutta...
ubiratã-pr.
www.correndocorridas.blogspot.com

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Dorzinha do lado

O treinador Rodrigo Albuquerque, de Brasília, explica os motivos e como evitar aquela dorzinha do lado que todo atleta já sentiu

A dor desviada, dor do lado, dor de atleta e tantos outros nomes que ela recebe, é uma dor aguda nos flancos abaixo das costelas. Tal dor pode ter várias causas, como:

:: Insuficiência circulatória aguda, quando o esforço físico é maior do que a capacidade do coração de aspirar todo o retorno do sangue venoso ao coração, gerando, assim, um excesso de sangue pobre em oxigênio em alguns órgãos, causando dores ou desconfortos aos níveis do fígado (lado direito do abdômen) ou no baço (no lado esquerdo).


:: Cãibras no diafragma por deficiência respiratória, respiração inadequada ou alta concentração de lactato sanguíneo devido a falta de condicionamento físico. <>
Uma maneira bem eficaz de diminuir e até acabar com as dores é intensificar a respiração, insistindo em numerosas, fortes e prolongadas expirações.

Dica de Rodrigo Albuquerque, treinador e diretor técnico da Ápice Treinamento Multiesportivo, de Brasília.
(Matéria publica no site O2 Por Minuto em 24/01/2008)



...tutta...
ubiratã-pr.
www.correndocorridas.blogspot.com

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Eu vou dar um tempo...

Olá amigos,
peço desculpas por estar meio afastado do blog ultimamente mas o abandonarei jamais.
O motivo é que estou bastante desmotivado para as corridas, os treinos em si.
Acho que é algo de stress, princípio de depressão, sei lá.
Estou desmotivado em tudo, não só nas corridas, mas também no trabalho, acho que até da vida. hehe
E pra piorar essa desmotivação nas corridas principalmente, depois de concluida a Prova Rústica Tiradentes em Maringá-Pr dia 21/04, o meu joelho direito começou com uma leve incomodação (o mesmo joelho que me deixou fora dos treinos por quase 40 dias no início do ano passado).

Depois desta prova, não consegui treinar mais direito, com as dores sempre aumentando, fiquei uma semana sem treinos e hoje 01/05, fui dar uma corridinha leve para ver como me sentia.
As dores voltaram antes do primeiro km, daí retornei para casa, e resolvi dar um tempo nas corridas.
Já vinha pensando nesta ipótese deste o início da semana e resolvi dar esse tempo a partir hoje.
Não sei por quanto tempo, um mês, dois meses, talvéz uns 10 dias, não sei.
Vou dar um tempo apenas.
Não quero procurar médico desta vez.
Sei que é bastante complicado, pois aqui emUbiratã existe apenas um médico especialista em joelhos (o município tem mais de 21 mil habitantes) e conseguir uma consulta com ele pelo Posto de Saúde (P.S.) é quase impossivel. Só mesmo pagando, como fiz no ano passado.
Mas desta vez quero me curar sozinho, se acaso não melhorar quando eu voltar, daí sim, pagarei uma consulta.

Essa lesão, esse desânimo todo acho que é por treinar forte demais.
No início de 2008 "ganhei" um treinador.
Antes do treinador (A.T.) eu corria em torno de 4 a 6 dias por semana e num ritmo bem confortável. Quando eu estava legal eu treinava, quando não, ficava em casa descansando.
Os ganhos confeso não eram lá grandes coisas, mas quando vinha algo de diferente a alegria era imensa, porque sabia do esforço que tinha feito para conseguir tal façanha melhorar tempo e conseguir aquele tão aumejado lugarzinho no pódio.
Depois do treinador (D.T.) eu comecei a correr, vamos dizer assim, num ritmo alusinante.
Quando estava bem, corria quase em ritmo de queniano, quando não, era quase que obrigado a manter o mesmo ritmo, sem poder. Aqui o ganho foi extraordinário, mas as dores no corpo também. Até aquele gostinho de baixar tempo, subir ao pódio, foi meio que acabando, pois estava sendo meio que quase sempre no pódio. Isso era bom, lógico, quem é que não gosta de subior no pódio, mas o gosto já estava sendo diferente, pois como eu disse: era quase que freqüente isso, e quando as coisa são demais, vc acostuma, não é verdade???

Seis semanas depois de ter "ganho" esse treinador veio a minha primeira lesão (tendinite patelar) depois de mais de 8 anos de corridas.
Fiquei quase 40 dias afastado dos treinos.
Voltei muito bem depois disso, fiz uma meia maratona ( a das Cataratas) excelente (1h15min), fui o 4º geral e o 1º na faixa etária de 30 a 34 anos.
Dois meses e meio depois fiz uma maratona (a das Águas) ambas na cidade de Foz do Iguaçú-Pr excelente também (2h39min), 17º geral e 3º na faixa etária.

Depois daí, o treinador pediu para aumentar o ritmo porque queria que eu fizesse a São Silvestre em 45min.
Mas...

Resultado: Não consegui treinar direito (fiz com 1h00min06seg).

Em março (29) deste ano fui bem numa prova organizada pelo SESC paranaense na cidade de Cascavel. Fui o 1º na faixa etária. O tempo ainda tava muito além de 2008 (35min40seg). Eu havia feito 34min19seg lá mesmo em Cascavel em 2008 (a mesma prova).

Mas daí, DENOVO, o meu treinador pediu para forçarmos o ritmo, que era para fazermos (ou melhor, para mim fazer) a Tiradentes na casa dos 33min.
Foi treino intervalado em cima de treino intervalado, intercalando com fartlek, dia-pós-dia.
Resultado: 36min14seg.
E novamente o desânimo bateu em mim.
Junto dele, a lesão novamente.
Falei com o meu treinador ontem, ele me disse se eu já estava pronto pra voltar a correr hoje.
Disse a ele que nem queria voltar mais a correr.
Ele apenas me respondeu pra ficar mais uns dias parados e retomarmos novamente.

Poderei até retornar sim.
Mas desta vez não vou querer saber de correr feito "doido", de me arriscar muito.
Se o pódio vier, ótimo.
Senão vier, ótimo da mesma forma.
Pois, o que eu quero é correr pra sempre, não apenas por uns dias, como está acontecendo...


A todos o meu muito obrigado e me desculpa pelo desabafo.
Tenham excelentes dias de treinos e provas.
Voltarei as corridas em breve.


Ah, e pra finalizar.
Muito provavelmente não irei participar da Maratona de São Paulo dia 31 próximo.
A menos que o ânimo volte e que eu possa treinar alguns quilômetrozinhos, e sem sentir dores. hehe
Abraços..



...tutta...
ubiratã-pr.
www.correndocorridas.blogspot.com